Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí não tem óbitos, mas número de mortes por gripe cresce em São Paulo

GUSTAVO AMORIM | 09/06/2018 | 04:00

Os óbitos causados pelos vários tipos do vírus Influenza quase triplicaram entre abril e maio de 2018, segundo dados do Governo do Estado de São Paulo. O boletim da Unidade de Vigilância Epidemiológica mostra que entre 1º de janeiro e 2 de maio deste ano, 25 mortes haviam sido registradas no Estado, e o mesmo dado explodiu para 71 óbitos em 28 de maio.

Jundiaí, entretanto, não tem mortes confirmadas pela Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os três casos suspeitos de óbito pelo vírus Influenza foram descartados no município este ano. No mesmo período de 2017, seis casos de SRAG foram contabilizados, mas nenhuma morte ocorreu.

LEIA MAIS: Mesmo com o Dia D, vacinação contra gripe ainda está baixa em Jundiaí

Com baixa adesão na vacinação estadual contra o vírus Influenza, a Secretaria de Saúde do Estado prorrogou até o dia 15 de junho a permissão para que os grupos de risco se imunizem. Em Jundiaí, apenas 64,29% do público-alvo foi vacinado na campanha, o que representa 68.149 pessoas até o dia 6 de junho.

CASOS DE DENGUE CAEM 28,5%

O número de casos de dengue em Jundiaí caiu 28,5% entre janeiro e junho deste ano, em comparação ao mesmo período de 2017. Os dados são da Unidade de Vigilância Epidemiológica de Jundiaí, repassados ao Jornal de Jundiaí após questionamento da reportagem. Ainda segundo a administração municipal, o índice de Breteau, utilizado para indicar o risco de epidemia de mosquitos Aedes aegipty, é de 1,7 na cidade. Já o índice predial, relacionando os imóveis onde são encontradas larvas, é de 1,6.

Dados do Ministério da Saúde apontam que 1 em cada quatro cidades brasileiras tem o índice de infestação de mosquito considerado alto, ou seja, há risco de novas epidemias do mosquito e, consequentemente, casos de dengue, febre chikungunya e zika vírus.

 

Campanha de vacinação contra gripe continua até o dia 15 de junho

Campanha de vacinação contra gripe continua até o dia 15 de junho


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-nao-tem-obitos-mas-numero-de-mortes-por-gripe-cresce-em-sao-paulo/
Desenvolvido por CIJUN