Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí supera Campinas em número de cirurgias ortopédicas

DA REDAÇÃO | 04/08/2019 | 07:00

Jundiaí, com pouco mais de 414 mil habitantes, se destaca no cenário nacional em vários setores. Seja na economia, como a cidade mais interessante para se investir na América Latina (Segundo Financial Times) e por ocupar a 7ª posição no Índice de Desenvolvimento Humano no Estado de São Paulo ou na saúde, onde está na primeira colocação, quando o assunto é investimento per capita, segundo dados do Conselho Federal de Medicina, com R$ 926,62 por habitante em 2017. Os números superlativos também são expressos quando se trata de comparação nos atendimentos ortopédicos do Hospital São Vicente de Paulo (HSV) com outras grandes referências da região. Jundiaí supera Campinas em 150% na quantidade de cirurgias da especialidade. O número tende a ser ampliado com a inauguração do Ambulatório de Ortopedia, do HSV, realizada em julho deste ano.

“Em pleno Dia Nacional da Saúde temos muito o que comemorar. Conseguimos, em dois anos, organizar as contas da cidade e avançar. Nosso modelo de atendimento de Clínica da Família foi premiado nacionalmente pela inovação e resolutividade proporcionada à população; conquistamos a menor taxa de mortalidade infantil da história da cidade, com 7,23 e o HSV, com quase uma centena de pequenas reformas, é o hospital que se destaca pela qualidade de seu corpo técnico e quantidade de atendimentos realizados, superando grandes hospitais como Dr. Mário Gatti e Unicamp, ambos da cidade de Campinas na comparação de cirurgias ortopédicas por mês”, ressalta o prefeito Luiz Fernando Machado.

O HSV realizou, em média, mais de 200 cirurgias ortopédicas por mês, tendo como referência os últimos 17 meses. Conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde, os vizinhos campineiros, no entanto, ofertaram, cada um, média de 80 cirurgias ortopédicas, no mesmo período. Na comparação, Jundiaí, supera em 150% a outra cidade. No primeiro semestre deste ano, a ortopedia do HSV realizou 29.196 atendimentos entre o Ambulatório e o Pronto Socorro.

No ano passado, neste mesmo período foram registrados 28.815 atendimentos. Nestes primeiros seis meses foram feitas 1.289 cirurgias ortopédicas de urgência e eletivas, o que corresponde a 36% do total de cirurgias realizadas no hospital. “A unidade é referência para o atendimento na especialidade para Jundiaí e região, com população estimada em 900 mil habitantes. Com o novo espaço, o atendimento ambulatorial para ortopedia ganha em fluxo e em acolhimento, já que as pessoas que já passaram por cirurgias são atendidas em ambiente separado daqueles que acabaram de chegar para o Pronto Socorro.

O espaço oferece conforto e celeridade”, ressalta o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera.

INVESTIMENTO
A reforma e a adequação da nova ala ambulatorial de ortopedia foram feitas com verba proveniente de contrapartida de empreendimento imobiliário da cidade. O investimento foi na ordem de R$ 430.223,12. A infraestrutura do novo Ambulatório, instalado em uma área de 127 metros quadrados, abriga recepção, sala de espera, três consultórios, sala de prescrição médica, quatro leitos de procedimento e sanitários masculino e feminino, ambos adaptados. O local está equipado com ar condicionado e televisão e a chamada dos pacientes é feita por meio de sistema eletrônico.

Moradora da região que elogia a qualidade do atendimento é Adriana de Siqueira Prestes, 38 anos, de Cabreúva. “Fiquei quase oito horas esperando atendimento na minha cidade e quando eu cheguei aqui, já tinha uma equipe à minha espera. Foram ágeis e atenciosos. A melhoria do espaço é muito importante, mas na minha opinião, o ponto mais importante é que os médicos e enfermeiros daqui são atenciosos e eficientes”, declara a paciente que está se restabelecendo de uma fratura na tíbia.

Desde 2017 o hospital tem investido em melhorias substanciais para o atendimento à população. De acordo com o superintendente do HSV, Matheus Gomes, o prédio recebeu mais de 80 pequenas reformas além de estar com o projeto ‘Acolha um Quarto, Conforte Vidas’, que está em andamento e vai revitalizar nossos 72 quartos.

“Queremos viabilizar condição melhor à estrutura dedicada a cada uma de nossas áreas referenciadas – Urgência e Emergência, Ortopedia/Traumatologia, Cardiologia, Neurologia, Oncologia e Unidades Clínicas e Cirúrgicas. O objetivo é melhorar cada vez mais, o São Vicente é um patrimônio cultural de saúde para a nossa cidade”, assegura. O hospital ainda recebeu R$ 3,1 milhões de investimentos em novos equipamentos, viabilizados por meio de emendas parlamentares.


Leia mais sobre
DA REDAÇÃO
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-supera-campinas-em-numero-de-cirurgias-ortopedicas/

Notícias relacionadas


Desenvolvido por CIJUN