Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaiense de 69 anos se forma em jornalismo

COLABORAÇÃO DE MARIANA CHECONI | 19/02/2019 | 05:03

Urias de Campos, um senhor de 69 anos, realizou o sonho de sua vida e se formou em jornalismo no Centro Universitário Campo Limpo Paulista (Unifacamp) no último dia 5 de fevereiro. O jundiaiense, que mora no Jardim Pacaembu, em Jundiaí, e trabalha como agente operacional judiciário em Franco da Rocha, começou o curso em 2015, na época com 65 anos.

Com o diploma em mãos, ele relata as dificuldades que enfrentou durante esses 4 anos de estudos. “Eu saia às 7h da manhã de casa para ir ao trabalho em Franco da Rocha, entrava as 9h e saía as 17h, pegava um trem até Campo Limpo Paulista e saía da faculdade às 22h30 para chegar em casa por volta de meia-noite. Isso se repetia todos os dias e com a minha idade, é cansativo”, diz. “Cheguei no 8º semestre aos trancos e barrancos, mas consegui concluir, valeu a pena”, avalia.

Por conta das condições financeiras e da dificuldade de fazer faculdade na época em que era jovem, Urias não teve a oportunidade de iniciar a graduação antes. “Para entrar no ginásio já tínhamos que passar por uma admissão que possuía poucas vagas. Para fazer colegial e ainda uma graduação era muito difícil na minha época”, explica. Apesar das dificuldades, não deixou de sonhar com a formação acadêmica. “Tentei várias vezes fazer faculdade, muitos vestibulares. Em 1985 eu até tentei cursar Matemática, mas como o dinheiro era muito pouco, e não era o que eu realmente queria, não consegui concluir”, relembra.

JORNALISMO
O sonho de ser jornalista começou quando Urias ainda era jovem. “Minha paixão pelo jornalismo começou na época de ouro do rádio, eu ouvia os programas de grandes jornalistas como Vicente Leporace, Henrique Lobo, Walter Silva e José Blota Júnior”, conta. Foi por ouvir esses grandes nomes do radiojornalismo que o agente penitenciário se apaixonou pela área de comunicação.

Após muitos anos de trabalho e sonhos, Uris conseguiu ingressar na graduação e diz que nunca esquecerá seu primeiro dia de aula. “Quando eu cheguei na faculdade e vi mais de 100 pessoas na sala, pensei que aquilo não era para mim, achei que não me daria bem com os outros alunos. Mas como fui muito bem recebido, logo me acostumei. Foi maravilhoso. Aprendi muito com todos os jovens que convivia diariamente”, diz.

A família e os amigos acharam que seria loucura por conta da rotina e da idade de seu Urias. Entretanto, ao verem que ele estava indo atrás de seus sonhos, apoiaram sua decisão de concluir a graduação.

SONHOS
Urias conta que vai se aposentar do seu atual emprego na metade desse ano e que depois gostaria de seguir na carreira jornalística. “Apesar da paixão pelo rádio, me encanto com o jornal impresso, é com isso que gostaria de trabalhar”, diz.

RECEM FORMADO EM JORNALISMO AOS 65 ANOS URIAS DE CAMPOS


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiaiense-de-69-anos-se-forma-em-jornalismo/
Desenvolvido por CIJUN