Jundiaí

Jundiaiense usa futebol para se formar em universidade dos EUA


Victor Maron, 23 anos, é formado pela Columbia International University
Crédito: Reprodução/Internet
O sonho de estudar e jogar futebol fora do país virou realidade para o jundiaiense Victor Maron, de 23 anos, formado pela Columbia International University em Sport Management (Gestão de Esporte) e também se tornar exemplo para outros garotos da cidade. Em agosto de 2015, aos 19 anos e prestes a se formar no ensino médio, o jovem soube de uma seletiva de uma empresa que levava garotos para cursarem faculdade nos Estados Unidos através do futebol. Maron resolveu se arriscar. Foi aprovado no teste e, então, começou a se dedicar a outro desafio: a língua inglesa. Foram seis meses de treinos intensos no futebol e aulas de inglês para estar preparado para as duas provas mais comuns dos EUA (Toefl e SAT), utilizadas pelas faculdades em seus processos de avaliação de alunos. Aprovado nos exames, o jundiaiense que nunca havia morado fora da casa dos pais, foi parar em uma universidade em Jacksonville, na Florida. “Minha adaptação foi complicada pelo idioma e por estar longe de casa. Lidar com os compromissos e responsabilidades por minha conta foi difícil, mas um grande aprendizado”, afirmou. Segundo Maron, foram quatro anos de experiências dentro e fora do futebol. “Era uma cultura diferente, porque, além dos americanos, no meu time tinha gente da Alemanha, Congo, Quênia, Itália e muitos outros países. Tinha que administrar as aulas, treinos, jogos e viagens para partidas em locais distantes. Mas valeu muito a pena poder viver tudo isso”, afirma.
FUTEBOL
Chegando para jogar no futebol universitário dos EUA aos 19 anos, o acolhimento dos companheiros foi ótimo, mas logo apareceram as dificuldades de adaptação ao time. “Demorei para entender como eu devia jogar. É um estilo de jogo mais rápido, poucos dribles e muito mais objetivo e físico, de muito contato”, explica. Depois de dois anos em Jacksonville, o jundiaiense se mudou para Colúmbia, na Carolina do Sul, para disputar uma liga, segundo ele, de nível melhor do que a que atuava até então.“ Fui campeão nacional uma vez e duas vezes do regional”, conta. Maron se formou em junho deste ano e, na sequência, voltou para Jundiaí, onde já conseguiu um estágio em sua área de formação acadêmica. [caption id="attachment_63147" align="aligncenter" width="960"] Victor Maron, 23 anos, é formado pela Columbia International University[/caption]

Notícias relevantes: