Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaienses buscam alternativas para driblar calor intenso

VINICIUS SCARTON | 10/01/2019 | 05:04

Muita água, sorvete, milkshake, óculos escuro, boné, sombrinha e ventilador. Esses são alguns itens indispensáveis para driblar as altas temperaturas neste verão em Jundiaí. O cabeleireiro Nelson Gonçalves, 62 anos, tem optado pelo tradicional sorvete de massa para amenizar o calor. “Para refrescar o dia, somente um sorvetinho no meio da tarde. Está complicado”, comenta com bom humor. Também adepta do sorvete, a secretaria Eliana de Souza, 55 anos, conta que tem se tornado cliente assídua de uma sorveteria na da Vila Arens. “Compro sorvete com muita frequência por aqui, pois o calor está demais”, diz.

O proprietário de uma sorveteria, Luciano Formagin destaca que a comercialização do produto está em alta. “As vendas neste início de ano já superam em 30% o mês de janeiro de 2018. Por aqui, o carro-chefe é o picolé, vendido a partir de R$ 0,99”, ressalta. Na tarde de ontem, o aposentado José Alves da Silva, 59 anos, comprou um pote de sorvete de dois litros para dividir com a família. Além de se refrescar, ele reforça a importância de se proteger dos efeitos do sol. “Nesta época, não deixo de sair de casa sem meu óculos escuro e um boné para me proteger do sol”, explica.

No Centro da cidade, muitos consumidores optaram pelo delicioso milkshake. “Nesta época, só uma bebida bem gelada para amenizar o clima quente”, diz a analista administrativa, Isabel Matavel, 44 anos. Ela conta que adotou algumas medidas em casa para enfrentar as noites quentes. “Mantenho as janelas abertas para gerar ventilação. Além disso, a hidratação se faz necessária, bem como, a utilização do chuveiro na temperatura mínima”, descreve.

Quem circulou pela cidade na tarde de quarta-feira (8), notou que muitas pessoas utilizavam sombrinhas, como a auxiliar de laboratório, Jaqueline Ferreira, 41 anos. “Eu uso para me proteger do sol, que por sinal está muito intenso. Além disso, quando estou em casa, uso com muita frequência o ventilador”, recorda.

Gerente de uma loja de variedades em Jundiaí, Ivan Carvalho dos Santos também destacou que as vendas de ventiladores cresceram 10%, em relação ao mesmo período do ano passado. “Neste momento, os ventiladores estão entre os itens mais procurados na loja, justamente pelo calor intenso. O produto está sendo comercializado a partir de R$ 99,90”, reforça.

Para a criançada que está de férias, a opção mais refrescante é brincar na água. De férias na casa dos avós, Rafael Palaro, 5 anos, tem se divertido até mesmo com banho de mangueira. “Uma brincadeira tão simples, mas que para eles é a maior atração. E ajuda a refrescar”, conta a avó Regina Coelho.

Rui Carlos

Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiaienses-buscam-alternativas-para-driblar-calor-intenso/
Desenvolvido por CIJUN