Jundiaí

Ladrões mudam de roupa para despistar, mas são presos por PMs em Jundiaí

bermuda
Crédito: Reprodução/Internet
Um homem foi preso por PMs do 11º Batalhão na noite de ontem (15) no Jardim Guanabara depois de roubar um comércio de espetinhos de carne na Vila Alvorada menos de uma hora antes. Ele estava com um comparsa na hora do roubo, mas que conseguiu fugir no momento da abordagem. Porém acabou deixando cair carteira com documentos, sendo reconhecido pela vítima através de foto. Eles ainda tentaram ludibriar os PMs trocando as roubas usadas na hora do roubo, mas em vão. O Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) jogou na rede de rádios sobre o roubo ocorrido no estabelecimento comercial, praticado por dois bandidos. A equipe do Comando se deslocou ao local e fez contato com as vítimas, que informaram as características físicas e vestimentas dos criminosos (ambos magros e de calça jeans, um com blusa vermelha, outro com blusa cinza, um pardo e outro negro). As vítimas disseram ainda que ambos haviam fugido apé levando aproximadamente R$ 500, quatro celulares, relógio, anéis e alianças. Várias viaturas foram mobilizadas para um cerco aos ladrões. Na Rua Guadalajara, no Jardim Guanabara, a equipe do Comando Força deparou-se com três indivíduos, todos de bermuda e camiseta. Porém, devido a suspeita, foi ordenado que eles parassem na calçada para uma abordagem. Nesse momento, porém, dois deles correram, tentando se evadir. Após acompanhamento a pé um deles foi abordado adentrando sua residência, com dinheiro proveniente do roubo. O outro conseguiu fugir pelas vielas e adentrou uma mata, porém deixou cair uma faca e sua carteira durante a fuga. Na carteira estava o RG. Esse infrator que se evadiu foi identificado e indiciado no roubo, pois sua foto do RG foi reconhecida pelas vítimas do roubo no Plantão Policial. O ladrão detido foi apresentado no Plantão, onde confessou e também foi reconhecido pelas, permanecendo à disposição da justiça. O terceiro indivíduo que estava com eles não tem envolvimento no crime e foi liberado. Participaram da ocorrência o Comando de Força Patrulha, com o 1° tenente Iuri e soldado Bruno Dias, além do cabo Rony e soldado Serafim.

Notícias relevantes: