Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Lei prevê descarte separado de máscaras

Kátia Appolinário | 23/06/2020 | 06:00

Um projeto de lei aprovado na última semana pela Câmara de Jundiaí sugere que as máscaras e luvas sejam descartadas separadamente dos demais lixos recicláveis. A ação será reforçada em estabelecimentos comerciais que deverão apresentar um recipiente específico para o descarte dos equipamentos de proteção individual.

Enquanto isto não acontece, cabe aos jundiaienses se conscientizarem quanto ao descarte correto. Segundo os propositores, a ação tem intuito preventivo, uma vez que as máscaras e luvas podem estar contaminadas e, por esta razão, não deveriam ser descartadas junto ao lixo reciclável. Caso a lei seja ratificada, os materiais terão de ser descartados em sacos duplos de lixo comum, fechados com lacre ou com nó reforçado. Além disso, será obrigatória a fixação de uma etiqueta ou papel de fácil visualização com a inscrição “perigo de contaminação”.

A ação também deverá ser reforçada em estabelecimentos comerciais que deverão apresentar um recipiente específico para o descarte dos equipamentos de proteção individual.

O processo administrativo ainda está em tramitação e dependerá da análise técnica realizada pela Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) e Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) para que seja aprovado ou não.

Após esse procedimento, será avaliado pela Unidade de Gestão de Negócios Jurídicos e Cidadania (UGNJC) e, posteriormente, será encaminhado para o Gabinete do Prefeito, que será responsável pela decisão e análise final.

O Departamento de Limpeza Pública da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) informa que entre março e abril deste ano foram coletadas 232,73 toneladas a mais de lixo reciclável em relação ao mesmo período do ano anterior.


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/lei-preve-descarte-separado-de-mascaras/
Desenvolvido por CIJUN