Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Leitor denuncia poluição no Parque Botânico

COLABORAÇÃO DE FELIPE CARDOSO | 29/05/2019 | 05:00

Na tarde da última segunda-feira (27), o contabilista Marco Silva, 56 anos, enviou para o Jornal de Jundiaí, através do whatsapp do Repórter Cidadão, uma denúncia sobre a poluição e situação precária em que se encontra o lago do Parque Botânico, no bairro Jardim das Tulipas.

Segundo o leitor, “o lago está praticamente morto” devido a produtos químicos que estão sendo despejados na região do parque e poluindo diretamente o lago. “Estou indignado com o que está acontecendo com o Parque Botânico. Até quando isso vai acontecer por aqui?”, questiona.

Marco relata que há quase um mês isso vem acontecendo e até o momento ainda não viu nenhuma providência sendo tomada. “A poluição chega ao lago através das galerias pluviais de água do bairro e não vejo nada ser feito para que esse problema acabe”, afirma.

Procurada pela equipe de reportagem do JJ, a Prefeitura de Jundiaí informou que a Polícia Ambiental foi informada do problema e que a Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) já tomou providências e que ainda há mais trabalho a ser feito no local. “A limpeza do lago foi realizada há cerca de 15 dias, quando foi detectado um primeiro descarte irregular de um solvente na rede de galerias de águas pluviais do bairro. Ou seja, o descarte não é feito no lago”, explica.

A nota de esclarecimento também diz que o problema voltou a acontecer após a primeira etapa de limpeza realizada pela UGISP. “Um novo descarte irregular foi realizado no último fim de semana (25 e 26 de maio) em algum ponto de vazão (PV) da região, levando, novamente, um produto com forte odor ao lago por meio da rede dessas galerias pluviais do bairro”.

Além da limpeza, a Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos contatou a Cetesp (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) que está tentando descobrir o que está sendo despejado no lago. “Acionamos novamente a Cetesp, que recolheu uma amostra da água para tentar identificar o produto que vem sendo descartado irregularmente e, desta forma, tentar identificar os responsáveis pelo crime”.

A Prefeitura também divulgou informações concedidas por um técnico ambiental da Cetesp sobre as consequências momentâneas que o problema de poluição do lago pode trazer para o parque. “O problema por enquanto é o odor, que demora, em média, duas semanas para deixar de existir”, afirma.

Outras consequências causadas pelos produtos químicos despejados irregularmente na região só serão conhecidas depois do resultado da coleta de água realizada pela Cetesp.

Repórter Cidadão
Para participar do Repórter Cidadão do Jornal de Jundiaí e ter sua denúncia ou sugestão de pauta publicada, o leitor deve enviar uma mensagem com foto ou vídeo para o whatsapp (11) 98580-2970 e relatar sua denúncia/sugestão.

O vídeo e a foto devem ser gravados na horizontal, com no máximo um minuto. Assim, o leitor poderá participar diariamente das pautas produzidas pelo Jornal de Jundiaí e ainda ter seu nome publicado como o idealizador (a) da matéria.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/leitor-denuncia-poluicao-no-parque-botanico/
Desenvolvido por CIJUN