Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Leitos de UTI atingirão limite até a 2ª quinzena

KÁTIA APPOLINÁRIO | 08/04/2020 | 05:00

O crescimento vertiginoso de contaminados pelo vírus em Jundiaí gera um alerta para o risco de esgotamento dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) em hospitais públicos e privados. Caso a curva de contágio não apresente achatamento o mais rápido possível, a expectativa é que na segunda quinzena do mês de abril a capacidade dos hospitais locais seja atingida. Há intenção de se criar mais 34 leitos no próprio São Vicente.

Em Jundiaí, a segunda morte por coronavírus foi confirmada na manhã da última terça-feira (7). De acordo com a Prefeitura de Jundiaí, a vítima foi um homem, de 68 anos, com histórico de problemas respiratórios.

Um paciente que é internado com síndrome respiratória aguda grave (SRAG) e necessita ser internado com o uso de respiradores possui 50% de chance de se recuperar.

De acordo com o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC), só no Hospital São Vicente, há 42 leitos de UTI ocupados por pacientes de covid-19, o que representa 51% do limite de utilização. Além disso, 38% dos 55 respiradores também estão em uso, o que corresponde a 21 enfermos com suporte de ventilação mecânica.

Caso o limite dos hospitais seja alcançado, o Comitê de Enfrentamento do Coronavírus (CEC) se encarregará pela ativação de estruturas já existentes, como o próprio HSV e demais hospitais da rede privada para reforçar o atendimento dos munícipes.

No Hospital Regional há 120 leitos de retaguarda clínica, além de 24 leitos de UTI que já estão sendo utilizados. O Hospital São Vicente, por sua vez, possui capacidade para a criação de 34 novos leitos e a aquisição de mais sete respiradores.

NÚMEROS
O último boletim epidemiológico divulgado pela gestão aponta que em Jundiaí, além das duas mortes, há ainda 30 casos confirmados, o que totaliza 32 casos positivos. Dentre esses, 18 se recuperam em isolamento domiciliar, nove estão internados nos hospitais municipais e outros três foram encaminhados para a internação em outras cidades.

Além destes, os casos suspeitos já chegam a 195, dentre os quais 131 aguardam o resultado de exames em casa, 46 estão internados e 18 mortes seguem sob investigação. São contabilizados ainda 37 casos descartados.

Vale ressaltar que, além dos pacientes em leitos de UTI, há outros internados em outras alas. No total, 77 leitos de internação estão ocupados por pacientes suspeitos e infectados.

AUJ
Várzea Paulista possui três mortes sob investigação. Além destes há oito pacientes em isolamento domiciliar e cinco internados no Hospital São Vicente, totalizando 16 casos suspeitos. No município, nove casos foram descartados, sendo sete clinicamente e dois por meio de exames.

Itupeva possui um caso confirmado e nenhum óbito. Há ainda quatro casos suspeitos e três descartados.

Atualmente, Campo Limpo Paulista tem dois óbitos suspeitos e um caso positivo. Há ainda nove casos suspeitos de coronavírus e um caso descartado.

Cabreúva segue sem registro de mortes ou casos confirmados. Entretanto, o município possui 22 casos suspeitos, sendo que 16 pacientes estão aguardando resultados e seis já foram descartados.

Em Jarinu há uma morte sob investigação e outros oito casos aguardando resultado, somando um total de nove casos suspeitos. Três pacientes já foram descartados.

Louveira segue com dois casos positivos e nenhuma morte registrada. Há 37 casos suspeitos, 32 aguardando resultados e três descartados.

NO PAÍS
No Brasil, a curva de contágio ainda está em crescimento. Já são 13.717 casos confirmados e 667 mortes por coronavírus.

São Paulo segue como epicentro da pandemia, com 371 mortes, mais da metade dos óbitos de todo o país. A taxa de letalidade registrada é de 4,9%.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/leitos-de-uti-atingirao-limite-ate-a-2a-quinzena/
Desenvolvido por CIJUN