Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Mata Ciliar dobra número de animais acolhidos e precisa de doações

| 20/10/2014 | 20:35

Dobrou o número de animais acolhidos pela Associação Mata Ciliar no último mês. Para os responsáveis pela entidade, as queimadas em toda a Região são as principais responsáveis por esse aumento de população. Com isso, o estoque de materiais que seriam usados até o final do ano se esgotou na semana passada. Doações recebidas ajudaram a se reestruturarem, mas ainda precisam de ajuda.

De acordo com o diretor de fauna, Roni Puglia, em tempos normais recebem de quatro a seis animais por dia. “Isso dobrou. Mas houve dias em que recebemos quase 30 animais de uma só vez”, conta.

Nos últimos trinta dias, quase 80 gambás foram acolhidos. Sem contar uma grande quantidade de pássaros, mamíferos e outros animais. Todos esses casos de urgência e emergência demandam materiais como seringas, agulhas, luvas, remédios, tranqüilizantes e até mesmo produtos de limpeza. “Nós tínhamos um estoque que, segundo nossos cálculos duraria até o fim do ano, mas ele acabou.”

A corrente de apoiadores já ligados à entidade ajudaram a repor o estoque, mas ainda necessitam de mais doações, tanto de materiais quanto de alimentos, como carne e frutas. O diretor e veterinário pede, ainda, ajuda de quem estiver disposto a colocar a mão na massa para ajudar a alimentar os animais pequenos e filhotes, o que demanda muito tempo.

Serviço – Para doar materiais ou alimentos basta levá-los à associação, que fica na Av. Emílio Antonon, 1000, na Chácara Aeroporto, em Jundiaí. Já os interessados em voluntariado devem consultar as regras no site www.mataciliar.org.br.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta terça-feira (21) ou faça uma assinatura digital.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/mata-ciliar-dobra-numero-de-animais-acolhidos-e-precisa-de-doacoes/
Desenvolvido por CIJUN