Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Mercado de aviação executiva aumenta 10% em Jundiaí entre 2017 e 2018

VINÍCIUS SCARTON | 19/08/2018 | 05:40

O mercado de aviação executiva cresceu em Jundiaí, conforme análise de especialistas. Segundo Valdemir Fontes, que atua como gerente do Hangar Concorde, instalado no Aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro, em agosto de 2018, comparado ao mesmo período do ano passado, o aumento foi de 10%. Fontes explicou que o crescimento ocorreu em virtude política e também por uma melhora no cenário econômico do país. “No entanto, o rendimento alcançado está muito longe do ideal”, afirma.

Apesar da evolução citada, Fontes acredita que o mercado entrará em fase de estagnação daqui até o final do ano. “Em virtude do período eleitoral, o cenário continuará na mesma. Afinal, o país como um todo vive a ansiedade para saber quem será o novo presidente da República”, comenta. A gerente de operações da empresa de transporte de carga aérea emergencial Azul Cargo, Silvana Cazatti ressaltou que, o segmento teve aumento de 18%, desde o início deste ano até o presente momento e, em comparação com 2017, mesmo com o cenário político instável.

Silvana afirmou que, no mês de abril foi possível notar um crescimento gradativo para esse tipo de operação. “A procura foi intensificada por clientes físicos e empresas multinacionais”, disse. O mês de agosto está registrando aumento em relação a julho, por alguns motivos, conforme explica Silvana. “Houve um crescimento e uma procura maior no embarque doméstico em relação a julho. Notamos que os clientes estão em busca do serviço aéreo pela agilidade, comodidade e rapidez no atendimento de entrega porta a porta. Além disso, o aumento também foi gerado pela abertura do Fórum de E-commerce”, confirma.SITUACAO DO MERCADO DE AVICAO CIVIL EM JUNDIAI VALDEMIR FONTES GERENTE DO HANGAR CONCORDE

No Aeroporto de Jundiaí está instalado o maior centro de manutenção da TAM Aviação Executiva na América Latina e, para o diretor Ruy Amparo, o setor deve ser impulsionado neste semestre. “Estamos atuando mais fortemente nos mercados externos do Cone Sul, como Paraguai, Chile e Argentina, em forte parceria com os Centros de Serviços da Textron nesses países. Esta cooperação nasceu no início de 2017, através da operacionalização do Projeto One Call da Textron, em que a TAM Aviação Executiva foi designada para coordenar sua execução nesta região”, diz.

Amparo salientou que as vendas de modificações e instalações também estão em alta. “Principalmente com a necessidade das aeronaves estarem equipadas com o ADS-B (novo sistema de melhoria da navegação aérea nos EUA, Europa e alguns países da América Latina) até o final de 2019”, acrescenta.

Modernização
O consórcio Voa-São Paulo informou que existe um projeto de reestruturação e modernização do Aeroporto de Jundiaí. No entanto, o mesmo ainda está sob análise dos órgãos reguladores e, por enquanto, não há prazo para início das obras.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/mercado-de-aviacao-executiva-aumenta-10-em-jundiai-entre-2017-e-2018/
Desenvolvido por CIJUN