Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Missa e novena em louvor a Nossa Sra. do Desterro

SIMONE DE OLIVEIRA | 14/08/2019 | 05:02

Com o tema ‘Com Maria, a Senhora do Desterro: escolhidos e enviados em missão’, a Catedral Nossa Senhora do Desterro sedia até amanhã (15), quando é comemorado o Dia da Padroeira de Jundiaí, missas em louvor. O encontro reúne padres de Jundiaí e alguns convidados.

Hoje, às 19h30, último dia de novena, o encontro é com dom Orani João Tempesta, arcebispo metropolitano de São Sebastião (RJ). Amanhã serão três missas, às 7h, 9h, e 18h30.

O padre Márcio Felipe explica que o dia deve ser lembrado como aquele em que a presença de Deus na vida dos católicos jundiaienses é evidente, mas sem esquecer um pouco da história.

“A construção da primeira capela, em 1651, por Rafael de Oliveira e Petronilha Antunes, fundadores da cidade e, quatro anos depois, a construção de uma nova igreja dedicada à Sagrada Família tendo como padroeira Nossa Senhora do Desterro, fazem parte da história do dia 15 de agosto”, lembra o pároco.

Segundo padre Felipe, os fundadores viram na figura de Nossa senhora do Desterro a certeza de que todos que recorrem à virgem são protegidos. “Desterro significa exílio, ou seja, deixar a terra, os costumes e pátria para fugir da perseguição e opressão, o que aconteceu com os fundadores da cidade de Jundiaí. O dia 15 é o sinal da presença de Deus lembrando a fuga de pessoas de suas terras de origem. Elas veem em Deus, sob a intercessão de Nossa Senhora, a proteção para todos os males.”

E completa. “A atitude de todo católico nesta data deve esta pautada em três pilares: na visita à igreja, na oração, e vivenciar o dia como sendo uma grande festa.”

SERVIÇO
7h: Missa com padre de Salto, Luiz Marin
9h: Missa com bispo de Jundiaí, dom Vicente Costa
18h30: Padre Márcio Felipe – pároco da Catedral Nossa Senhora do Desterro


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/missa-e-novena-em-louvor-a-nossa-sra-do-desterro/
Desenvolvido por CIJUN