Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Missas marcam o Dia de Finados nos cemitérios jundiaienses

VINICIUS SCARTON | 30/10/2018 | 06:03

Fé para recordar os entes queridos. Para celebrar o Dia de Finados na cidade, a Diocese de Jundiaí terá uma programação especial nesta sexta-feira (2), com missas nos cemitérios da cidade alusivas à data. De acordo com o porta-voz da Diocese, padre Márcio Felipe de Souza Alves, todas as paróquias de abrangência terão missas e em todos os cemitérios de Jundiaí estão programadas celebrações especiais. “Além do Cemitério Municipal Nossa Senhora do Desterro, no Centro, a programação se estenderá para o Parque dos Ipês (Recanto Quarto Centenário), o Cemitério Nossa Senhora do Montenegro (Jardim do Lago) e o Cemitério Memorial Parque da Paz (Castanho)”, destaca.

Segundo o padre Lupércio Batista Martins, da paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, na Vila Rio Branco, quatro missas serão realizadas no Cemitério Nossa Senhora do Desterro no Dia de Finados. “Às 7h, o padre Adílson da paróquia Beato Frederico Ozanam celebrará a primeira missa do dia. Já às 8h30, vou conduzir a celebração. Às 10h, será a vez do padre Leandro Megeto, da paróquia Nova Jerusalém, e a programação será encerrada às 16h, com o padre Jorge Demarchi, da paróquia Santo Antônio”, diz.

De acordo com o padre Lupércio, são esperados cerca de 1.200 fiéis em cada uma das celebrações. Quem já confirmou presença na missa de Finados no Cemitério do Centro é a hostiária da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, Maria Teresa Alves Elias, de 72 anos. “Há seis anos consecutivos participo desta missa no cemitério. Trata-se de uma celebração marcada por muita emoção, pois recordo dos meus antepassados que já se foram”, ressalta.

Adiantadas
Para fugir do movimento no cemitério no Dia de Finados, Cintia Coretti Torezin, de 51 anos, e sua mãe, Zilda Ravanhani Coretti, de 82, se adiantaram e visitaram o túmulo da família, no Cemitério Nossa Senhora do Desterro, na tarde desta segunda-feira. “Nós viemos com antecedência em busca de tranquilidade, para limpar o jazigo da família e poder aproveitar a sexta-feira”, comentaram.

Padre Márcio Felipe explica que o Dia de Finados é uma ocasião importante para a Igreja Católica. “Afinal, nascemos para morrer e morremos para viver e para nós que somos cristãos acreditamos na ressurreição, pois Cristo venceu a morte e por isso todos nós somos vencedores. O Dia de Finados não é dia de tristeza, muito pelo contrário. É um momento de relembrar das pessoas que já partiram, celebrando a vida que é um dom de Deus.”

Foto: Rui Carlos

Foto: Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/missas-marcam-o-dia-de-finados-nos-cemiterios-jundiaienses/
Desenvolvido por CIJUN