Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Moradores e comerciantes cobram solução para cruzamento perigoso

| 14/06/2014 | 00:05

O cruzamento entre as ruas Clélia e São Pedro, na Ponte São João, tem preocupado os moradores e comerciantes do bairro há mais de dez anos. Neste mesmo período eles cobram, sem sucesso, soluções mais efetivas da prefeitura, mas até hoje nada conseguiram. 

Conforme apurado pelo Jornal de Jundiaí Regional, os motoristas que trafegam pela rua Clélia deveriam parar na sinalização demarcada no cruzamento, já que a preferencial é para quem está na São Pedro. Mas não é o que acontece.

Por haver um comércio na esquina entre as duas ruas, os motoristas têm que avançar a sinalização demarcada no solo, já que o campo de visão fica prejudicado quando os veículos respeitam o que determina a faixa.

Moradora do bairro, Sueli Buda, 59 anos, revela que acidentes são constantes no local. “Alguns motoristas mais abusados não respeitam o sinal que pede para o veículo aguardar.” A aposentada também denuncia os casos de morte que já aconteceram no trecho. “Foram duas vítimas fatais até hoje, além de muitas pessoas que se machucaram.”

Dona de um comércio próximo ao cruzamento, Ivani Aparecida Sgarbi, 59, explica que cansou de pedir providências. “Já fizemos abaixo-assinado, registramos reclamações, pedimos para vereadores, mas até hoje nada foi feito. Enquanto isso, vejo acidentes todos os dias.”

Por nota, a Secretaria Municipal de Transportes (Setransp) informa que as vias estão bem sinalizadas, com faixas pintadas no solo. No texto, a Setransp não cita a criação de novas ações para garantir a segurança dos motoristas e pedestres da Ponte São João. A secretaria afirma, ainda, que não tem estatísticas de acidentes no local. 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/moradores-e-comerciantes-cobram-solucao-para-cruzamento-perigoso/
Desenvolvido por CIJUN