Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Morre a jovem Isabela que sonhava ser jornalista

| 06/10/2014 | 21:31

Morreu na madrugada desta segunda-feira (06) a jundiaiense Isabela Cordeiro da Silva Andrade, aos 18 anos, vítima de um câncer de ovário. Há duas semanas, a jovem foi convidada a passar o dia na redação do Jornal de Jundiaí Regional, já que seu sonho era ser jornalista. Na ocasião, estava extremamente feliz e encantada com o jornalismo.

Desde janeiro deste ano, quando recebeu o diagnóstico da doença, Isabela já havia sido submetida a três cirurgias para retirada dos ovários, útero e excesso de líquido no abdome. Em maio iniciou a quimioterapia, que vinha mantendo com sessões frequentes.

Em entrevista ao JJ, no último dia 18, a jovem mostrou olhar maduro para sua rotina. “Hoje aprendi a ver a vida com outros olhos e a encarar as coisas de outra forma. Não faço mais planos, pois não sei se estarei viva daqui a cinco anos. Quando existe amor, tudo fica mais fácil. Encontrei isso na minha família. Meus pais são tudo para mim. Ou a gente aprende a viver ou sofre demais”, declarou.

Isabela morava em Campo Limpo Paulista, onde foi sepultada nesta segunda-feira (06), com a presença de familiares e amigos. A irmã dela, Kadine, 17, disse que ‘o coração de Isa parou enquanto ela dormia’. 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/morre-a-jovem-isabela-que-sonhava-ser-jornalista/
Desenvolvido por CIJUN