Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Motoboys devem paralisar serviços no dia 1° de maio

Da Redação | 27/04/2020 | 18:37

Prestadores de serviços das plataformas de delivery anunciaram hoje (27) um protesto que acontecerá no dia 1° de maio, Dia do Trabalhador, com concentração em frente ao Parque da Uva. Os entregadores pedem melhores condições de trabalho. A categoria não parou durante a pandemia de coronavírus está constantemente exposta ao perigo da covid-19.

Segundo os motoboys organizadores, com a popularidade do serviço de delivery, houve um aumento significativo de colaboradores e, com isso, o valor pago pelos aplicativos por quilômetro rodado diminuiu, além dos preços mínimos nos valores de entregas e das taxas de deslocamento estarem cada vez mais longes do ideal, quando se tem taxa.

Outra reivindicação dos profissionais é contra os bloqueios que os aplicativos fazem aos motoboys que, por algum motivo, atrasam a entrega. Por conta disso, eles ficam impossibilitados de receber pedidos por um tempo até que o bloqueio passe. Isso, segundo os organizadores do evento, faz com que os entregadores se arrisquem muito no trânsito.

A concentração no Parque da Uva será às 9 horas da manhã e os entregadores devem seguir pelos principais pontos de entrega e bairros da cidade. Além disso, vão paralisar as atividades desligando os aplicativos como forma de protesto.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/motoboys-devem-paralisar-servicos-no-dia-1-de-maio/
Desenvolvido por CIJUN