Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Motoristas da Uber fazem manifesto e pedem cadastro do aplicativo em edital da Prefeitura de Jundiaí

DA REDAÇÃO | 26/06/2018 | 16:58

Um grupo de 50 motoristas de Uber fez um manifesto na tarde de terça-feira (26) em frente ao escritório da empresa na avenida Nove de Julho. Segundo eles, o aplicativo ainda não fez o cadastro no edital lançado pela Prefeitura de Jundiaí, que prevê a regulamentação dos serviços de transporte por aplicativo na cidade. “Fomos à Prefeitura e soubemos que a Uber não fez o cadastro na cidade, e se esse cadastro não for realizado até esta quarta-feira (27), os motoristas não vão mais poder rodar na em Jundiaí”, afirma Darcilei de Oliveira, que faz serviço para o aplicativo.

“É uma manifestação pacífica para que a Uber regularize certinho a situação e que nós possamos continuar trabalhando. Sem isso, seremos impedidos de rodar. Não há nenhum problema com a prefeitura ou algum outro aplicativo”, disse. O Jornal de Jundiaí apurou que a 99 Táxi já teria feito esse cadastro. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Uber, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.  À noite, na Câmara Municipal, motoristas também se reuniram para protestar junto aos vereadores, que se propuseram a receber uma comissão dos trabalhadores para conversar no plenarinho.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA CONVERSA ENTRE OS VEREADORES E OS MOTORISTAS NO INSTAGRAM TV

CURTA TAMBÉM AS FOTOS DO INSTAGRAM DO JORNAL DE JUNDIAÍ

Motoristas pedem ajuda de vereadores para adiar prazo de cadastro das empresas que gerenciam aplicativos de mobilidade. A uber ainda não se cadastrou em Jundiaí e os motoristas ficarão impedidos de atuar na cidade a partir de quinta-feira (25).

Uma publicação compartilhada por Jornal de Jundiaí (@jornaldejundiai) em


EDITAL
De acordo com a prorrogação do edital publicada no dia 15 de junho na Imprensa Oficial do município, “o primeiro período para apresentação do requerimento e dos documentos fica prorrogado até 27 de junho de 2018”, porém, há a possibilidade da pessoa jurídica se cadastrar posteriomente ao processo, “O edital continuará aberto para outras pessoas jurídicas de direito privado que tiverem interesse no credenciamento, nos termos do Edital.” Em fevereiro, os motoristas protestaram contra um decreto publicado pela Prefeitura de Jundiaí, que revogou o documento na sequência. No mesmo mês, o Congresso Nacional aprovou a lei que que deu poder aos municípios para regulamentar a utilização do aplicativo.Mais informações em breve.

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí


Leia mais sobre | | |
ATUALIZADA ÁS 21H50
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/motoristas-da-uber-fazem-protesto-contra-aplicativo-e-pedem-cadastro-em-edital-da-prefeitura/
Desenvolvido por CIJUN