Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Oferta de vagas para EJA foi ampliada em 20% em Jundiaí

Da redação | 23/02/2020 | 05:30

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) de 2018, divulgada no ano passado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 12,6% dos brasileiros com 25 anos ou mais terminaram o ensino fundamental e não iniciaram ou não concluíram o Ensino Médio. Em Jundiaí, a Prefeitura trabalha para oferecer oportunidade de estudo para aqueles que tiveram de abandonar as escolas durante a infância e a adolescência. Em 2020, como ação do Programa Escola Inovadora, a oferta de vagas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) foi ampliada em 20%, sendo que somente no Ensino Médio o crescimento foi de 25%.

Segundo dados da diretoria de Educação de Jovens e Adultos, da Unidade de Gestão de Educação (UGE), em 2019, Jundiaí contava com 1.359 alunos na modalidade EJA semipresencial de Ensino Médio. Neste ano, a quantidade de alunos matriculados subiu para 1.705, com a inauguração da sala de aula descentralizada no Jardim Novo Horizonte e ampliação de turmas em nos períodos da manhã e da noite, no Complexo Argos. Ao todo, a EJA atende a 2.986 pessoas. No ano passado, o número de estudantes a frequentar as salas foi de 2.470.

“Os investimentos em educação abrangem todos os segmentos do ensino, da creche, passando pelo Infantil e o Fundamental, até a EJA. Muito além de obras de infraestrutura, temos direcionado as ações da gestão para melhorar a vida das pessoas, oferecer oportunidades de protagonismo. Exemplos disso são o recorde histórico de vagas oferecidas em cursos gratuitos de capacitação e o supletivo com acesso ampliado”, afirma o prefeito Luiz Fernando Machado.

A aposentada Juçara Ignácio, de 66 anos, é um exemplo do resultado do serviço municipal prestado gratuitamente à população. Ela se formou no ano passado no Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos (CMEJA) do Complexo Argos. A aposentada completou o Ensino Médio e, ao concluir, prestou vestibular para o curso de Biomedicina na Faculdade Anhembi/Morumbi, em São Paulo.

“Eu nem acreditei quando recebi a notícia que havia passado no vestibular. Tudo que tinha acabado de aprender nas salas da EJA, caiu na prova. Matemática, Física, Biologia, tudo. Isso mostra a qualidade do ensino que é oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Jundiaí”, diz.

O curso universitário será iniciado no segundo semestre deste ano, por orientação médica. “Preciso estar completamente recuperada da anemia para voltar a estudar.”

PARA TODOS
Totalmente gratuito, os interessados em terminar o Ensino Médio – a partir dos 18 anos – ou as fases anteriores de Ensino Fundamental I e II – a partir dos 15 anos -, podem se inscrever a qualquer tempo pelo site da Prefeitura de Jundiaí (https://web.cijun.sp.gov.br/PMJ/JA/Login.aspx) para iniciar as aulas e buscar a conclusão do ensino, seja no próprio Complexo Argos, ou nas salas descentralizadas no Morada das Vinhas, no Jardim São Camilo/Tarumã, no Novo Horizonte, no Santa Gertrudes, no Vista Alegre, no Engordadouro, no Almerinda Chaves, na Cidade Nova e na Vila Marlene.

Carlos Alberto Aguiar Lamas, 46 anos, começou a estudar há três anos. “Eu não tinha feito nada antes. Comecei no Fundamental e agora já estou tendo aulas de Inglês. Quero terminar o Ensino Médio para estudar Política”, contou o rapaz, que também é aluno do Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (Peama).

Para a diretora do departamento de Educação de Jovens e Adultos, da Unidade de Gestão de Educação (UGE), Carolina Copelli Tamassia Ricci, a qualidade é o diferencial da EJA de Jundiaí. “Garantir gratuitamente um ensino de qualidade a toda população jundiaiense, dando oportunidade para a retomada e conclusão dos estudos, independente da vida escolar anterior, são as metas do CMEJA, que dispõe de critérios, nos quais todos têm a chance de voltar a estudar e assim garantir melhores oportunidades no mercado de trabalho”, explica.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/oferta-de-vagas-para-eja-foi-ampliada-em-20-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN