Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Oficina orienta elaboração de projetos culturais para o Proesc

Da redação | 10/08/2019 | 18:29

Uma exposição cultural ou uma peça de teatro são eventos que se iniciam muito tempo antes do dia em que o público comparece para prestigiá-los. A realização de eventos artísticos depende de muitos fatores, mas um dos principais é a viabilização financeira do mesmo. Para poder auxiliar artistas e produtores culturais domiciliados em Jundiaí na elaboração de projetos que possam ser inscritos no Programa Municipal de Estímulo à Cultura (Proesc), a Unidade de Gestão de Cultura (UGC) iniciou neste sábado (10) a primeira oficina gratuita para orientações aos interessados.

“O Proesc prevê a liberação de R$ 500 mil em investimentos para o desenvolvimento de projetos em nove diferentes linguagens artísticas, sendo parte dos investimentos destinados pela Prefeitura e outra parte pela Lei de Incentivo à Cultura (ProAC) da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, cuja verba contempla Jundiaí no programa estadual ProAC Municípios”, explica o gestor de Cultura, Marcelo Peroni. “A ideia das oficinas é fomentar e capacitar o artista – que hoje em dia também tem de ser empreendedor – para que tenha condições de propor projetos e compreender melhor essa parte burocrática”, acrescenta.

Os segmentos artísticos contemplados pelo Proesc são: artes visuais, audiovisual, circo, dança, literatura, manifestações populares, música, patrimônio cultural e teatro. Ao todo, 60 artistas e produtores culturais locais se inscreveram para participar das oficinas, conduzidas pela produtora cultural Heloisa Oliveira e realizadas no Complexo Fepasa.

“As manifestações culturais são os elementos que constroem a nossa cultura e a forma que o poder público tem de apoiar a cultura é através dos projetos, que devem ser claros e trazer o conteúdo que o artista quer transmitir. As informações que trazemos nas oficinas são válidas não só para a questão do Proesc, mas também servem para qualquer tipo de projeto e ajudam a entender melhor como apresentá-los de forma clara, para que possam ser viabilizados”, salienta Heloisa.

Oficinas aprovadas

A artista visual Cristiane Suiter considerou a iniciativa da UGC muito importante para auxiliar a classe artística. “Não tenho experiência na área de produção e acho que receber orientações sobre o embasamento de um projeto é de extrema importância para o artista, que sempre tem de fazer de tudo um pouco para que suas ideias saiam do papel”.

A professora Mayara Cristina da Silva e a estudante de Enfermagem, Lorena Artico, disseram que não têm intenção de se inscrever no Proesc, mas que buscavam na oficina orientações para, no futuro, apresentarem projetos culturais na área musical. “Somos bailarinas amadoras e participar hoje desse encontro pode nos dar noção para, no futuro, elaborar um projeto adequadamente”.

Plantão e inscrições no Proesc

A UGC também irá disponibilizar, além das oficinas gratuitas, um plantão presencial para esclarecer dúvidas dos interessados. O plantão funcionará no balcão de atendimento da UGC nos dias 30 de agosto, das 9h às 12h; 31 de agosto, das 13h às 16h; e 02 de setembro, das 18h às 21h. A UGC fica na Av. União dos Ferroviários, 1760, Complexo Fepasa.

Para participar do Proesc, os interessados devem se inscrever gratuitamente até dia 09 de setembro, pessoalmente no Complexo Fepasa, de segunda a sexta-feira (exceto feriados e pontos facultativos), das 9h às 18h, ou via Sedex dos Correios. Os projetos serão abertos publicamente nos dias 11, 12 e 13 de setembro, em datas e horários conforme cada concurso, na Sala B1 do Complexo Fepasa.

Mais informações podem também ser obtidas nos editais de concurso 05 a 13/2019, publicados nas páginas 26 e 27 da edição 4587 da Imprensa Oficial, no site da Cultura ou pelo telefone (11) 4585-9750.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/oficina-orienta-elaboracao-de-projetos-culturais-para-o-proesc/
Desenvolvido por CIJUN