Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Órgãos atuam em prol das mulheres

Kátia Appolinário | 08/03/2020 | 05:05

Visando aprimorar a segurança oferecida a mulheres em estado de vulnerabilidade, o município reforçou novas ações em prol da segurança. Um desses projetos é a Patrulha da Maria da Penha, programa realizado pela Guarda Municipal.

Sob a coordenação da GM Andreia Aparecida de Melo (foto), o programa tem como objetivo atuar no cumprimento de medidas protéticas à vítimas de violência. “Desde que começamos com este trabalho recebemos do Ministério Público 189 medidas protetivas expedidas em Jundiaí. Dentre essas já conseguimos falar com 184 mulheres e cinco casos seguem em aberto”, explica Melo.

A profissional ressalta ainda que, além de fiscalizar, faz parte do trabalho da Patrulha orientar as mulheres em como seguir suas vidas após o quadro de agressão. “Nós conversamos com essas mulheres e tentamos entender qual tipo de violência ela está sofrendo. Quando necessário fazemos outros encaminhamentos e dependendo do caso podemos indicar que façam algum curso, o Sebrae, que é nosso parceiro”, reitera.

No comando da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Milena Fernandes Gallardo Anhê explica a importância do cumprimento da Lei Maria da Penha. “A lei considera várias dimensões de violência. Ela entende que a mulher pode solicitar medidas protetivas de acordo com o quadro que vivenciou e diante disso é aberto um rol de ações que podem ser realizadas, como a proibição de comunicação do agressor com a vítima por qualquer meio”, declara.

Independente do ocorrido, ambas as profissionais reforçam a importância do registro da ocorrência por parte da mulher. “Não é preciso sofrer agressão física para fazer uma denúncia. Há outros tipos de violência contidos na lei, como por exemplo a violência psicológica”, alerta a delegada.

E completa. “É importante que a denúncia seja feita para que a lei seja aplicada. A mulher tem seu direito garantido pela lei, mas a medida protetiva mas só é válida a partir do registro”, diz a GM.

SERVIÇOS
Central de Atendimento à Mulher: 180
Disque Denúncia: 181
Guarda Municial: 153 -( atendimento 24h)
Rede Valentes: (11) 98422-7182
CTEC II: (11) 99610-4778


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/orgaos-atuam-em-prol-das-mulheres/
Desenvolvido por CIJUN