Jundiaí

Paciente internado com suspeita de covid-19 foge do São Vicente


CLAUDEMIR RODRIGUES - FUGIU SÃO VICENTE
Crédito: Reprodução/Internet
Atualização - Paciente foi localizado pela GM - Acompanhe no link: https://www.jj.com.br/jundiai/paciente-que-fugiu-do-sao-vicente-e-encontrado-pela-gm/ No início da noite de terça-feira (7), um paciente com suspeita de coronavírus (covid-19) fugiu das dependências do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP). Claudemir Rodrigues, 39 anos, estava internado em isolamento há 10 dias, pois deu entrada com febre, tosse e falta de ar. Exame para detecção de covid-19 foi colhido. O morador informou aos médicos que morava em um barraco, porém que passava a maior parte do tempo na rua. Apesar de ter se identificado, não informou o endereço e nem como ser encontrado. Segundo o boletim de ocorrência, na fuga, ele deixou o HSVP utilizando a camisola de internação e não foi contido pela equipe de enfermagem por estar agressivo. Em nota, o HSVP confirma que na noite desta terça-feira (7), um paciente não identificado, internado em área de isolamento, sem necessidade de uso de respirador, com suspeita de covid-19 desde o dia 31 de março, evadiu-se da instituição. Segundo a unidade hospitalar, o paciente foi socorrido pelo SAMU, deu entrada no hospital com sintomas de tosse, febre e falta de ar. O mesmo não apresentou documentos, porém informou verbalmente o nome de Claudemir Rodrigues. Ele alegava ser morador de rua e seu caso estava sendo acompanhado pelo Serviço Social do hospital. “Imediatamente aos fatos, foram acionados a Guarda Municipal, Polícia Militar, Vigilância Epidemiológica e demais órgãos que tentaram, sem sucesso, localizar o paciente”, diz a nota. O hospital reforça que Rodrigues estava em fase final de tratamento hospitalar, sendo recomendado o isolamento social. Ele é moreno, tem aproximadamente 1,70cm de altura e caso alguém o localize, pedimos que entre em contato imediatamente com o Serviço Social do Hospital por meio do telefone 4583-8226. Informações sobre o paradeiro do paciente também podem ser feitas a Guarda Municipal (153) ou Polícia Militar (190).

Notícias relevantes: