Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Pães e artesanato são opções de renda

Kátia Appolinário | 23/05/2020 | 14:00

Para as instituições de caridade, as ações de venda têm sido essenciais para a arrecadação de verbas durante a crise. A comercialização de produtos alimentícios e de itens artesanais são as principais soluções para o momento.

Na Instituição do Aprendizado Dom José Gaspar, a saída foi dar continuidade à produção de bolos e pães. É o que conta a responsável pelo projeto, irmã Maria da Penha da Silva. “Nós já trabalhávamos em cima disso mesmo antes da quarentena, mas paramos em função da pandemia. Contudo, a comunidade sentiu falta dos nossos produtos e vimos nessa retomada uma oportunidade de levantar renda para a instituição, principalmente em função do Projeto Semear, que teve seu financiamento suspenso durante este período”, conta.

No total, a equipe conta com duas pessoas engajadas na produção dos pães e bolos caseiros, fora os voluntários que auxiliam na venda e na entrega dos produtos que já se tornaram marca registrada da entidade. Além disso, a instituição também recebe doações e criou uma vaquinha on-line para arrecadar fundos para o projeto. Para contribuir basta acessar do link: https://bit.ly/3bSs1T3.

AQUECIDOS

As oficinas em grupo dos projetos sociais também tiveram que ser adaptadas em virtude do isolamento. Uma dessas atividades foi o projeto “Aquecidos” com base na base na confecção de peças de roupas como prática das oficinas de Terapia Ocupacional com as pessoas em situação de rua atendidas pelo Centro Pop.

Por hora, o projeto foi transferido para o Serviço de Obras Sociais (SOS) de maneira individual com as pessoas em situação de rua acolhidas pela instituição.

Assim, os acolhidos estão produzindo roupas para animais em condições de rua. Para isso, a instituição está recebendo doações de diversos materiais como tecidos, agulhas, fitas e outros aviamentos.

A intenção do projeto é beneficiar os animais não domiciliados, cujos protetores não têm condições de custear os agasalhos para que passem os dias de baixas temperaturas mais confortáveis. Por isso, as roupas confeccionadas não são comercializadas.

Até o momento foi recebida a doação de 10 metros de tecido, quantidade suficiente para confeccionar em torno de 15 roupinhas, pois a maioria dos cães são de porte médio e grande. Já foram beneficiados 38 animais, porém, a meta é produzir o dobro dessa quantia para suprir as necessidades da ONG e de mais animais resgatados por protetores.

As doações podem ser entregues na Casa de Passagem SOS ou Centro Pop. Mais informações também podem ser obtidas através do telefone (11) 4521-4182.

Irmã Maria da Penha auxilia na produção de pães para arrecadar verbas


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/paes-e-artesanato-sao-opcoes-de-renda/
Desenvolvido por CIJUN