Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Paróquia espera vender 20 mil pedaços de bolo

| 13/06/2014 | 00:05

Ao longo dos 13 primeiros dias de junho, dedicados a Santo Antônio – cujo data é comemorada nesta sexta-feira (13) -, fiéis cumpriram promessas e acompanharam as missas diariamente. Para muitos, o objetivo é pedir uma forcinha ao santo casamenteiro, ou santo dos oprimidos, seja para encontrar um amor, se casar, fortalecer os laços familiares ou até mesmo para ter saúde.

“Vai da fé de cada um”, diz Mirian Marcondes Niero, voluntária da festa da Paróquia Santo Antônio, no Anhangabaú, há 14 anos. Durante toda esta sexta-feira (13) serão vendidos os quase 20 mil pedaços de bolo, feitos por 30 voluntárias. “Estamos fazendo 43 mesas de bolo. Cada mesa rende em média uns 450 pedaços. Geralmente falta bolo, porque vendemos muito”, conta a coordenadora da produção do bolo, Maria de Lurdes Acorsi.

Muito misticismo envolve o bolo de Santo Antônio. “O chamam de santo casamenteiro, mas essa imagem foi criada pelo povo. Na verdade, o que ele defendia era o casamento, a família”, explica o padre João Batista Carvalho, da Paróquia Santo Antônio. Mesmo assim, o pároco não tira o mérito da fé popular. “As pessoas acreditam e têm certeza de que acontece, isso é o mais importante.”


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/paroquia-espera-vender-20-mil-pedacos-de-bolo/
Desenvolvido por CIJUN