Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

#partiu Tailândia! Rumo à Olimpíada de Matemática, alunos sonham alto

GUSTAVO AMORIM | 02/08/2018 | 05:10

Muita animação, confiança em alta e até um pouqunho de medo. Esse misto de sentimentos está na cabeça de três jovens estudantes jundiaienses, da Escola Municipal (Emeb) Professor Joaquim Candelário de Freitas (Cidade Luiza), que partiram nesta quarta-feira (1º) para Bangcoc, na Tailândia. Será lá que Brenda, Erick (ambos com 11 anos) e Larissa, de 10, participarão do Asia Internacional Mathematical Olympiad – AIMO 2018, Traduzindo, a Olimpíada Internacional de Matemática, marcada para o dia 4 de agosto.

“Estou muito animada. São muitas coisas diferentes daqui”, conta Brenda Lima Barbosa, que não esperava conseguir ser uma das escolhidas para representar a escola. “Senti um pouco de medo na hora que recebi a notícia”, admite ela. Larissa Lopes de Oliveira diz que a prova – em inglês – será muito difícil, mas que já superou a desconfiança, uma vez fará o mesmo de novo. “Espero que a gente consiga ir bem lá. Foi muito legal até agora”, disse.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE JUNDIAÍ

Erick De Lima Leite também está animado. A despedida dos amigos antes da partida teve a presença da mãe, Elaine, e da irmã, Emanuelly. Ele deu um abraço forte no irmão dentro da escola. Confiante para a prova, Erick conta que também quer ver um pouco do lado cultural tailandês. “Quem sabe não verei um elefante lá?”, conta sorrindo. Elaine confessa que não aprovou a ida do filho ao país asiático, mas quando soube do projeto entendeu a vontade do garoto. “Ele está muito animado. A gente nunca espera isso, dá um pouco de medo. Ele vai representar bem o Brasil”, diz ela, também confiante.

Além dos três alunos, a professora da sala deles, Lucíola Miquelini, e a coordenadora da escola, Sandra Furlan, também viajaram. “Estou muito orgulhosa do que a sala toda fez nesse projeto. Todos foram muito bem. A gente também tenta passar para eles a questão de integração, cidadania e auto-estima. Não é só a matemática”, revela a idealizadora da participação do trio na olimpíada.

Desde 1959
A Olimpíada Internacional de Matemática é um evento que ocorre anualmente e é destinado a alunos do ensino fundamental. Trata-se da mais antiga das Olimpíadas Internacionais de Ciências. Ela foi sediada pela primeira vez em 1959 na Romênia e é realizada anualmente desde então, com exceção de 1980. Atualmente, cerca de 90 países mandam seus times compostos de até seis competidores. Os participantes têm que ter menos de 20 anos e não podem estar na universidade.

A prova consiste de 6 problemas matemáticos. Cada um vale 7 pontos. O exame é realizado em dois dias consecutivos e os competidores dispõem de quatro horas em meia para resolver os três problemas em cada um dos dias. As questões podem ser de qualquer área da matemática – geometria, teoria dos números, álgebra e análise combinatória.

Foto: Rui Carlos

Foto: Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/partiu-tailandia-rumo-a-olimpiada-de-matematica-alunos-sonham-alto/
Desenvolvido por CIJUN