Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Passagem de infectado em Vinhedo deixa Jundiaí em alerta

KÁTIA APPOLINÁRIO | 27/02/2020 | 05:00

A confirmação de que um homem de 61 anos, portador do covid-19, teria passado por Vinhedo após retorno de uma viagem a Itália deixou os municípios vizinhos em alerta. O portador da doença é o primeiro caso confirmado da doença no país e estava em isolamento domiciliar. Um passageiro de Jundiaí, que estava no mesmo voo, também está sendo monitorado.

Apesar estar localizada a 32 km de distância de Vinhedo, a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) afirma que em Jundiaí, até as 17h da última quarta-feira (26), não houve registro de nenhum caso suspeito, mas que a ocorrência de casos a nível nacional já era esperada devido ao fluxo de passageiros vindos de outros países.

A professora Geisa Sarkis, de 26 anos, moradora do bairro da Capela, em Vinhedo, diz que por hora ela e sua família estão tranquilas e não receberam nenhum tipo de advertência por parte da Vigilância de Zoonoses. “Sabemos que a família que teve contato com o infectado está isolada, então estamos tranquilos, mas sei que é preciso ficarmos atentos”, alega.

O Governo de São Paulo anunciou ontem (26) a criação de um centro de contingência para monitorar casos de coronavírus no estado. A decisão foi tomada depois que o primeiro caso da doença no Brasil foi confirmado na capital paulista. Segundo o Ministério da Saúde, outros 20 casos estão em investigação, sendo 11 em São Paulo.

A Secretaria da Saúde de Vinhedo alega que, junto à Unidade de Vigilância Epidemiológica, todos os protocolos exigidos pelo Ministério da Saúde foram realizados.

Para orientar e manter a população informada por canal oficial de comunicação, a Prefeitura de Jundiaí disponibiliza, desde o dia 5 de fevereiro, o Boletim Epidemiológico – Novo Coronavírus neste link , com dados sobre a doença, transmissão e cuidados. As redes sociais também são canais utilizados para a orientação à população sobre como se prevenir contra a doença.

Em caso de dúvidas, a UGPS orienta ainda que os munícipes procurem por ajuda nos prontos atendimentos da cidade.

PREVENÇÃO
O ingresso de passageiros estrangeiros no Brasil foi liberado nesta semana pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A decisão foi tomada com base nas demais gripes e epidemias que já se disseminaram anteriormente. “Das gripes históricas esta tem letalidade menor e tem uma transmissibilidade similar à de determinadas gripes que a humanidade já superou”,afirma Mandetta.

As orientações para evitar a transmissão do coronavírus são similares aos procedimentos em relação às demais doenças de transmissão respiratória. Lavar as mãos com frequência, não compartilhar objetos de uso pessoal e proteger o nariz e a boca ao tossir e espirrar são ações que devem fazer parte do dia-a-dia.

São considerados casos suspeitos as pessoas que apresentem febre e sintomas respiratórios, como tosse ou dificuldade para respirar e que tenham estado nos últimos 14 dias em áreas com transmissão da doença.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/passagem-de-infectado-em-vinhedo-deixa-jundiai-em-alerta/
Desenvolvido por CIJUN