Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Pedreiro é morto com facada no peito

Fábio Estevam | 21/08/2019 | 21:41

Um pedreiro de 29 anos, que trabalhava em uma obra na rua Senador Fonseca, no Vianelo, em Jundiaí, foi morto com uma facada no peito por um colega de trabalho no final na noite de anteontem (20). Antes da apunhalada eles haviam discutido, por razões que a Polícia ainda está investigando. O crime foi presenciado pelos proprietários da casa em reforma, em que ambos estavam trabalhando.

Os proprietários da casa contaram à polícia que haviam recebido um telefonema do pedreiro José Murilo da Silva, de 39 anos, pedindo que fossem até a obra, porque o parceiro de trabalho, Pedro Pereira dos Santos, estava alterado, nervoso e agressivo.

Quando chegaram ao local presenciaram ambos discutindo e sob efeito de álcool. Os donos do imóvel então pediram que Pedro fosse embora, para que a situação se acalmasse. Nesse momento, José deixou o cômodo em que estavam e retornou com uma faca. Pedro, para se defender, foi para cima de José, que lhe deu um golpe de faca no lado esquerdo do peito.

Ferido, Pedro ainda tentou sair correndo, mas caiu numa escadaria de acesso ao imóvel. Os donos do imóvel, então, foram até um posto da Polícia militar, próximo, e pediram ajuda. Quando os PMs chegaram a vítima já estava morta. Ao seu lado estava José, que recebeu voz de prisão. Ele ainda segurava a faca usada no crime.

A Polícia Civil foi chamada. Quando chegou, José estava no compartimento de preso da viatura, bastante alterado e com forte odor de bebida alcoólica. Uma equipe de Polícia Técnica também foi chamada e realizou exames periciais.

 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/pedreiro-e-morto-com-facada-no-peito/
Desenvolvido por CIJUN