Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Câmara marca próxima audiência do Plano Diretor

Angelo Augusto | 10/10/2019 | 08:00

Na próxima quarta-feira (16), a Câmara de Jundiaí realizará mais uma – e provavelmente a última – audiência pública para novamente discutir com a sociedade o projeto de lei de autoria do prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) que revisa o Plano Diretor de Jundiaí, responsável por promover importantes alterações no município.

Mais uma vez o plenário da Câmara estará aberto a munícipes que quiserem fazer o uso da tribuna para trazer discussões a respeito das medidas que a prefeitura, juntamente com a gestão de planejamento urbano e meio ambiente, pretende promover.

O gestor de planejamento da prefeitura, Sinésio Scarabello Filho, estará presente para comandar os trabalhos.
O presidente da Câmara, Faouaz Taha (PSDB), comenta que o plano já foi bastante discutido e a votação final está próxima de acontecer. “A nossa ideia é votar até o final deste mês, ou no máximo no começo do mês que vem. Já realizamos duas audiências e os conselhos já se manifestaram. Acredito que o plano está bem discutido e pronto para ser votado”, disse.

O arquiteto e especialista em urbanismo Jaderson Spina comenta que um dos pontos mais importante do Plano Diretor é a questão das áreas de mananciais no bairro do Caxambu. “Acredito que essas áreas mais delicadas precisam ser tratadas com legislação específica. Não dá pra ficar no mesmo texto de uma lei tão abrangente. Temos que nos aprofundar mais nas discussões. Não sou contra a ocupação e urbanização do Caxambu, acho que ela tem de existir, mas caímos em um dilema em relação ao meio ambiente. Só com muito estudo de especialistas na área poderá ser realizada uma ocupação sem interferir na qualidade do nosso abastecimento”, completa.

A Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) de Jundiaí esclarece que grande parte do bairro Caxambu passou a ser urbana na proposta de revisão do Plano Diretor, que a classifica como Zona de Conservação Ambiental, com ocupação de apenas 40% da área, lotes de 1.000m2 e permeabilidade de 50%.

“O debate a respeito do tema é resultado de dois anos de trabalho dos técnicos da UGPUMA, em parceria com representantes da comunidade. Desde o início, a Prefeitura de Jundiaí tem tratado o processo de forma transparente e participativa.”

A audiência começa às 19h no Plenário da Câmara, localizado na rua Barão de Jundiaí, 128, Centro. Os cidadãos poderão fazer uso da palavra mediante inscrição durante o evento, que será transmitida ao vivo pela TV Câmara, nos canais 60.2 UHF e 4 NET.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/populacao-apoia-ambulantes-e-mais-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN