Jundiaí

Programação extensa no Dia da Padroeira


O Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, na Vila Rami, tem hoje (12) programação extensa. Mas as atividades envolvem 66 paróquias e padres de toda diocese, não apenas os de Jundiaí. A programação começa logo às 7 horas, com missa ministrada pela padre Márcio Felipe de Souza Alves, pároco da Catedral Nossa Senhora do Desterro. Às 10 horas, o bispo diocesano de Jundiaí, Dom Vicente Costa, conduz a segunda missa do dia. A terceira, às 15 horas, será com o padre Carlos Rafael Casarin, Pároco da Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens e Santo Antônio, de Louveira. A última, às 17 horas, será conduzida pelo padre Alberto Simionato, pároco do próprio Santuário, que, ao final, vai tirar a imagem da santa do altar e dará início à procissão, com o acompanhamento dos fiéis. “Essa imagem tem mais de 70 anos, é mais antiga que o Santuário. Nos últimos anos, os padres não tinham o costume de ir a pé e nem de tirar a imagem dali, por medo de algum acidente. Eles preferiam ir em cima de um carro ou de um caminhão, mas, este ano, eu decidi que tanto a imagem original quanto eu iremos a pé junto com as pessoas”, explica o padre Alberto, que está há oito meses como reitor do santuário diocesano. As pessoas andarão pelas ruas da Vila Rami e voltarão ao Santuário, onde o dia vai ser encerrado com festa na tribuna Papa Bento XVI, para todos os fiéis. “Normalmente os devotos recorrem aos santuários para agradecer ou fazer uma promessa em vista de alguma graça que desejam alcançar”, conta o padre Alberto. Na Catedral Nossa Senhora do Desterro a programação é a tradicional com missas às 7h, 12h e 18h30.

Notícias relevantes: