Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Projeto voluntário leva distração às crianças do Jardim Tarumã

FELIPE TOREZIM - ftorezim@jj.com.br | 08/03/2018 | 05:08

Um abraço de urso é aquele abraço grande, apertado e cheio de boa energia. Foi com essa ideia na cabeça que Joelma Vasco, de 50 anos, idealizou o Projeto Abraço de Urso, que resultou em uma brinquedoteca na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Tarumã. Segundo Jo, como é conhecida, o projeto levou este nome, pois “abraça toda a comunidade”. “A proposta é interagir com todo mundo do bairro. Aos poucos as pessoas vão entendendo que elas podem contribuir muito com tudo isso e se juntam, se sentem donas disso também”, explica. O projeto surgiu há dois anos, após Jo ir a uma consulta e ver que na UBS tinha apenas uma mesa e uma cadeira para as crianças brincarem. “Isso me motivou a ir atrás de patrocinadores para reformular o espaço. Procurei os responsáveis pelo local e eles apoiaram a ideia”, lembra. “Hoje em dia, há diversas opções de distração enquanto esperam a consulta, como brinquedos e até jornais e revistas para adultos”. A idealizadora do projeto diz que os produtos são fruto de doação e, em caso de brinquedo, passa por uma triagem para ver se não oferece riscos às crianças.

Para a gestora da UBS, Fernanda França, a iniciativa contribuiu muito para a organização do lugar. “Antes tínhamos um pequeno espaço e era difícil ficar organizado, pois era complicado pararmos nosso serviço para arrumar”, recorda. “É algo positivo para as crianças também, pois elas esperam uma consulta ou a vacina brincando. E isso tira aquela ansiedade, ajudando até no momento do atendimento”, avalia a gestora. Os pais concordam com Fernanda. A balconista Adriana Martins, de 37 anos, é um exemplo. Com dois filhos, um de 11 e outra de nove, ela conta que a filha Julia Martins gosta de ir à UBS, muito por conta dos brinquedos. “Ela se diverte. Brinca com tudo. Ela entra aqui e já vai direto para a brinquedoteca mexer nas panelinhas”, conta a mãe, que disse ainda que antigamente ela levava as próprias bonecas ao médico, mas que agora não precisa mais. Já para a doméstica Nizete da Silva, 68, as idas ao médico com o bisneto Luís Miguel, de um ano e sete meses, ficaram bem mais tranquilas. “Ele é muito agitado e antes ficava correndo por tudo por causa da impaciência. Agora ele brinca bastante aqui e fica distraído o tempo todo”.

Doações e voluntários
Segundo Joelma, atualmente o projeto conta com três voluntários. “A ideia é trabalharmos com cinco para que venha um em cada dia da semana, para ajudar a organizar os brinquedos, limpar o espaço e fazer algumas atividades”, explica. Sobre as doações, a UBS as recebe de segunda a sexta, das 8h as 17h. “É muito importante entregar diretamente na recepção, para passar pela triagem. Se colocar direto na brinquedoteca pode passar algum brinquedo perigoso”, salienta.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/projeto-voluntario-leva-distracao-as-criancas-do-jardim-taruma/
Desenvolvido por CIJUN