Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

PSL terá chapa própria para eleições deste ano em Jundiaí

Angelo Augusto Santi | 11/01/2020 | 07:30

O PSL, ex-partido do presidente Jair Bolsonaro, informou que irá montar uma chapa única para concorrer à Prefeitura de Jundiaí nas eleições municipais de outubro. Alguns nomes já estão sendo cotados e devem ser anunciados de forma oficial na próxima semana.

“O Partido Social Liberal tem características conservadoras em relação aos costumes e liberais na economia, e carrega princípios exatamente como o cidadão jundiaiense busca. Por entendermos as necessidades de nossa cidade e termos exatamente este perfil, iremos lançar candidatura própria para prefeito”, informou a secretária-geral de Jundiaí, Gilvania Medeiros de Oliveira. “Nosso quadro de pré-candidatos para vereador também está bem interessante e irá surpreender”, completou.

Marcus Dantas, deputado federal suplente e auditor da Receita Federal foi escolhido como o novo presidente de Jundiaí e irá comandar as ações do partido durante o agitado ano eleitoral.

A diretoria estadual do PSL de São Paulo determinou que todos os diretórios municipais do partido no estado deverão ter candidatos a prefeito e chapa completa para vereadores. O presidente estadual do PSL em São Paulo, deputado Junior Bozzella, diz que o partido está tentando reconstruir suas seções nos municípios paulistas. Antes de a sigla entrar no conflito que gerou um racha e culminou na saída do presidente Jair Bolsonaro, eram 416 diretórios municipais. Muitos, porém, foram dissolvidos por Eduardo Bolsonaro quando ele presidia o diretório estadual do partido. “Há uma corrida para ao menos recuperar o número anterior e, se possível, aumentar”, disse Bozzella.

A crise que se instalou no PSL no ano passado e resultou na saída do presidente da República, Jair Bolsonaro, ainda tem gerado efeitos negativos ao partido: dados do Tribunal Superior Eleitoral mostram que, no período entre outubro e dezembro de 2019, 1256 membros fizeram seu pedido de desfiliação: número quatro vezes maior quando comparados com os 90 dias anteriores a outubro, quando foram registrados 363 pedidos. Durante toda a década, apenas no ano de 2017, considerando todos os meses, esse número foi maior.

Por outro lado, o partido informou via nota oficial que o número de novas filiações tem aumentado. “Desde novembro, foram registrados 14.817 novos pedidos de filiação, contra cerca de 750 saídas”, diz.
Bolsonaro anunciou oficialmente sua saída no dia 19 de novembro, mas já vinha dando sinais de atritos com o partido, inclusive tendo rompido com o presidente nacional da sigla, Luciano Bivar.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/psl-tera-chapa-propria-para-eleicoes-deste-ano-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN