Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Pulverização irá combater mosquito da dengue

| 05/05/2014 | 21:46

Depois de 164 casos de dengue confirmados em Campo Limpo Paulista somente neste ano – sendo 157 adquiridos na própria cidade -, a Vigilância em Saúde do município (Visa) inicia um novo trabalho para combater a propagação da doença entre seus habitantes. Conforme explica Libero Ianello, coordenador da Visa, o foco agora passa a ser também a eliminação do mosquito na fase adulta, através da pulverização.

Para isso, a equipe de agentes do órgão irá pulverizar as residências da cidade com uma substância específica, que afeta diretamente o Aedes aegypti, inseto transmissor da dengue. “Escolhemos esta alternativa com o objetivo de conter a propagação da doença, já que apenas a eliminação ao criadouro não se mostrou eficiente”, explica Libero.

De acordo com o coordenador, algumas pessoas ignoram os cuidados necessários para evitar o surgimento de criadouros. No começo do ano, telas foram distribuídas pela Visa, para que a população colocasse nas caixas d´água que permaneciam abertas. “Muitas pessoas acabavam utilizando as telinhas nas janelas, o que em nada colabora para o combate.”

O coordenador afirma também que a nova técnica é um processo seguro, e a única precaução é ficar fora do ambiente por 40 minutos após a pulverização. “Este produto será aplicado por funcionários preparados, e sua composição em nada prejudica a saúde das pessoas.”

Jundiaí
Com 460 casos notificados e 72 confirmados – sendo 34 adquiridos na cidade e 38 importados -, Jundiaí mantém o trabalho preventivo de combate à dengue, além das investigações epidemiológicas e buscas ativas por novas confirmações. “Apesar dos casos confirmados serem inferiores aos registrados no ano passado, a cidade conta com muitas notificações. Por dia, recebemos cerca de 15 novos registros”, explica Ana Lúcia de Castro Silva, biomédica do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

O trabalho preventivo continua no município, e é realizado por 180 agentes comunitários que percorrem as residências dos diferentes bairros da cidade. Além destes profissionais, o CCZ mantém uma equipe de 15 profissionais que fazem buscas ativas e controle de vetores.

Atualmente, os bairros mais afetados pela dengue em Jundiaí são a Vila Hortolândia, com cinco casos confirmados, o Jardim São Camilo, com três, o bairro Morada das Vinhas, com três, e o Jardim Pacaembu, com dois.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/pulverizacao-ira-combater-mosquito-da-dengue/
Desenvolvido por CIJUN