Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Puxadores de sambas se preparam antecipadamente

GUILHERME BARROS | 25/01/2020 | 05:00

Os desfiles de cada escola de samba dura, em média, uma hora, variando de Estado para Estado, mas a preparação daqueles que puxam a letra do samba começa muito antes e exige preparação para não fazer feio na passarela.

A coordenadora de canto do Grêmio Recreativo e Escola de Samba União da Vila, Cinthia Silva, reformulou toda a ala com seis intérpretes, sendo duas mulheres. A preparação começou depois do fim do Carnaval de 2019, e os trabalhos vão desde respiração, até aulas de canto para entrar no ritmo.

“Como estamos nos preparando desde o final do ano passado, montamos um repertório para as apresentações da escola que nos ajuda na questão do fôlego para a avenida, pois são 1 hora só de samba.

Estamos com o trabalho muito forte de sustentação e animação e a bateria também nos ajuda e isso é muito importante para o interagir da escola. Está sendo um trabalho muito gratificante, e este ano a escola vem com superação total. Até a ala de canto está reformulada e venho à frente e com muita inovação”, comenta a coordenadora.

Outro cantor que se prepara para o ritmo alucinante da avenida é Cassiano Carraro. Com mais de 20 anos de trabalho, ele diz que fica mais ansioso para cantar. “Antes até tinha um frio na barriga na hora de entrar na avenida, mas durante a passagem da escola este frio passa logo. Não parece, mas de tanta adrenalina você não sente o cansaço. Eu mesmo pratico muito esporte para fortalecer os pulmões e ganhar fôlego durante o ano todo. A preparação é tudo”, garante o cantor da Arco-Íris, campeã por 15 vezes.

MARATONA
Há aqueles mais frenéticos pelo Carnaval. Puxador de samba da Unidos da Zona Leste, Pedro Maciel desfila no sábado (22) pela escola jundiaiense, no domingo (23) pela paulistana Nenê de Vila Matilde e na segunda (24) será o intérprete da Tradição Albertense, escola do Grupo de Acesso de São Paulo.

“Eu já estou acostumado com esta rotina. Os ensaios começam em junho para que todos entrem no ritmo”, conta.

Sobre decorar a letra de cada música e não se confundir, ele garante que nunca aconteceu. “ Já estou acostumado”, finaliza.

Este ano, em Jundiaí, as agremiações desfilam nos dias 22 e 25 de fevereiro no Espaço Multiuso da Cidade Administrativa, na Vila Hortolândia.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/puxadores-de-sambas-se-preparam-antecipadamente/
Desenvolvido por CIJUN