Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Quantidade de casos de dengue cai na região

Thiago Batista | 31/03/2020 | 05:00

O número de casos de dengue registrados na Região caiu consideravelmente nos três primeiros meses deste ano se comparado ao mesmo período do ano passado. Em Jundiaí a queda de casos confirmados é 14 vezes menor. Nos primeiros 90 dias de 2019 foram registrados 700 casos e um ano depois apenas 389 notificações, sendo 49 casos confirmados (29 importados e 20 autóctones) e 18 aguardam resultado. Nas demais cidades que fazem parte do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) não há grande registro de casos.

Para biomédica da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), Ana Lúcia de Castro Silva, a queda se deve a grande campanha de prevenção promovida na cidade. “Nosso trabalho foi grande no final do ano e no começo de 2020 para ocorrer a diminuição de casos. Foram diversas atividades realizadas, incluindo a visita a locais com maior perigo da doença”, diz Ana Lúcia.

A biomédica disse que o alvo tem sido os comércios fechados. “A gente está com olho bem atento com os locais que depositam ferro velho e também trabalham com material reciclável. Pedimos para eles sempre limparem o local para que não se tornem um potencial local de criadouros do mosquito”, afirma.

Casos estão diluídos
Em Jundiaí no ano passado dois bairros na cidade registraram grande quantidade de casos autóctones. São Camilo teve 575 casos, enquanto o Novo Horizonte com 389. Outras três regiões da cidade passaram dos cem casos registrados: Vila Hortolândia (163), Vila Nambi (156) e Ponte São João (135). Este ano, apenas dois bairros registraram mais de um caso, ou seja, Vila Hortolândia e Novo Horizonte com duas notificações autóctones positiva.

Ana Lúcia alerta que mesmo com a queda na quantidade de casos, a população não deve se descuidar, pois o pico de transmissão este ano deve ocorrer entre o final do mês de abril e o começo do mês de maio. “A gente pede para não deixar acumular água em locais que pode ter este tipo de concentração e sempre deixar o quintal de casa limpo” explica.

Na região
Itupeva não registrou nenhum caso até o momento. Em Várzea Paulista são 13, sendo três importados e 10 autóctones: o Cidade Nova II tem quatro registros. Em Cabreúva foram registrados seis casos, sendo que a maioria no bairro do Vilarejo. Até o fechamento da reportagem as prefeituras de Louveira, Campo Limpo Paulista e Jarinu não forneceram dados deste ano.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/quantidade-de-casos-de-dengue-cai-na-regiao/
Desenvolvido por CIJUN