Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

R$ 1,5 milhão é liberado e HU receberá novos equipamentos

VINICIUS SCARTON | 03/01/2019 | 05:00

Jundiaí iniciou 2019 com duas boas notícias na área da saúde: a conquista de uma verba de R$ 1,5 milhão para a aquisição de equipamentos para o Hospital Universitário, e uma nova ambulância para o Samu. De acordo com o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, Tiago Texera, a cidade está inserida em todas as redes de atenção à saúde do Ministério da Saúde, entre elas a Rede Cegonha, em que o HU é habilitado e responsável pela assistência ao parto, bem como, o parto humanizado desde o pré-natal.

Segundo Texera, em 2017 a cidade recebeu recursos da Rede Cegonha para realizar a reforma do espaço da UTI Neonatal do HU. “A reforma custou R$ 719 mil, sendo R$ 388 mil do Ministério da Saúde e contrapartida da Faculdade de Medicina de Jundiaí no total de R$ 330 mil, com melhorias no ambiente e conforto para comportar mais 10 leitos de UTI Neonatal, passando para 20 no total”, descreve. O gestor compara a magnitude desta notícia, fazendo referência com a Unicamp, que possui 15 leitos de UTI Neonatal. “Vamos superar a Unicamp, passando de 10 para 20”, destaca.

No último dia útil de 2018, por meio de um pedido ao Ministério da Saúde, Jundiaí recebeu R$ 1,5 milhão para aquisição de equipamentos para os 10 novos leitos de UTI Neonatal. “O dinheiro já foi creditado no Fundo Municipal de Saúde, posteriormente faremos um convênio com a Faculdade de Medicina e o HU para repassar o recurso e realizar a compra, de acordo com os critérios aprovados pelo Ministério da Saúde. Espero que até o segundo semestre de 2019, os equipamentos cheguem à cidade, ressaltando que haverá o processo licitatório”, detalha.

Entre os equipamentos que serão adquiridos, o gestor destaca os principais: 11 berços aquecidos para recém-nascidos, 18 incubadoras neonatais, 1 ultrassom diagnóstico para exames avançados, 1 central de monitoramento para UTI, 11 ventiladores pulmonares, 1 radiômetro, 1 cardioversor, 12 monitores multiparâmetros, além de estetoscópios e 1 incubadora para o transporte neonatal, entre outros equipamentos.

Segundo Texera, parte do custeio desses leitos será do Ministério da Saúde e parte da Prefeitura. “Somente a partir da habilitação saberemos quanto de recurso será empregado para manter os novos leitos”, confirma. O gestor também descreve que o maior déficit da Saúde do estado de São Paulo é de leitos de UTI Neonatal. “E Jundiaí está no caminho certo. A cidade está ampliando leitos para atender a região, envolvendo os sete municípios vizinhos”, destaca.

Texera ressalta que os recursos foram destinados para o HU, por dois motivos. “Primeiro por se tratar de um hospital habilitado pelo Ministério da Saúde, por meio da Rede Cegonha e também por se tratar de uma unidade de alta complexidade materno infantil”, diz.

AMBULÂNCIA
De acordo com Texera, a frota do Samu na cidade conta com 5 ambulâncias, conforme o parâmetro do Ministério da Saúde, estipulado para 400 mil habitantes. Deste total, 4 atuam para suporte básico e uma para suporte avançado, que possui UTI. “Com o passar do tempo, a frota vai envelhecendo e no ano passado, das 4 ambulâncias de suporte básico, três foram trocadas, por meio do Ministério da Saúde, com veículos zero quilômetro”, recorda.

De acordo com o gestor, no dia 27 de dezembro de 2018, o Ministério contemplou a cidade, por meio da portaria 4.298, com a troca da quarta ambulância. “O Ministério é responsável pela licitação das ambulâncias e fornece para os municípios e temos a expectativa de recebê-la no primeiro semestre deste ano, trazendo mais conforto e segurança tanto para o paciente quanto para o condutor. Lembrando em tempo que o veículo é completo, zero quilômetro e já identificado com o símbolo do Samu”, explica.

T_HU_UTI


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/r-15-milhao-e-liberado-e-hu-recebera-novos-equipamentos/
Desenvolvido por CIJUN