Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Reformulação em formação faz parte de projeto de mudança

| 01/07/2014 | 22:05

Nesta quarta-feira (02) é comemorado o Dia do Bombeiro, carreira que está em discussão atualmente. Seguindo tendência mundial, o Estado de São Paulo estuda a Autonomia Institucional do Corpo de Bombeiros em relação à Polícia Militar. Algumas medidas para dar autonomia à corporação estão sendo estudadas pelo governo do Estado e, se o processo realmente for concluído, a formação dos bombeiros praças – como são chamados os soldados, os cabos e os sargentos – e até mesmo de oficiais poderá ser específica e exclusiva para as atividades de bombeiros e até mais rápida que a atual, que é destinada inicialmente ao policiamento de rua. A premissa seria permitir ao Comando dos Bombeiros capacidade de gestão própria no que se refere às políticas de planejamento, execução de operações, de formação e capacitação de pessoal, mantendo a integração com as demais áreas estratégicas da Polícia Militar. 

O 19º Grupamento do Corpo de Bombeiros, sediado em Jundiaí, recebeu novo comando no mês passado. O tenente-coronel PM Luiz Rubens Pinto de Carvalho Júnior assumiu a unidade oficialmente no dia 18 de junho e comenta as possíveis modificações. “Essa iniciativa, se aprovada pelo Comando, poderá evitar a migração de pessoal de uma especialidade para outra, aproveitando melhor a capacitação adquirida ao longo dos anos. Uma formação específica e exclusiva de bombeiros poderia racionalizar o tempo e os recursos, focando na atividade que efetivamente será exercida, seja para oficiais ou praças. Evidentemente que tudo isso precisaria ser estudado e implementado com critério e em consonância com o interesse público”, explica o comandante.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/reformulacao-em-formacao-faz-parte-de-projeto-de-mudanca/
Desenvolvido por CIJUN