Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

São Vicente e HU são reconhecidos pelo atendimento humanizado

DA REDAÇÃO | 04/12/2018 | 05:03

Únicas portas de alta complexidade da região de Saúde de Jundiaí, o Hospital Universitário (HU) e o Hospital São Vicente de Paulo receberam a habilitação do Ministério da Saúde para a integrar a Rede de Atenção às Urgências e Emergências (RUE) do Estado de São Paulo. O reconhecimento se dá pelo serviço prestado de forma humanizada para toda a população, estimada em mais de 800 mil pessoas. O reconhecimento resulta em novos repasses para auxiliar no custeio dos leitos das instituições.
A Rede de Urgência e Emergência Regional estava desenhada e aguardava apenas a habilitação do governo federal. Esse reconhecimento se dá pelos serviços que já são prestados. “A saúde de Jundiaí é o principal ponto da nossa gestão. Essa habilitação é importante, pois significa o reconhecimento do serviço de qualidade que já é oferecido pelos dois hospitais, únicos em alta complexidade para atender a toda a região. Sabemos que existem falhas e estamos trabalhando para solucioná-las”, argumenta o prefeito Luiz Fernando Machado.
O Hospital São Vicente recebeu a habilitação como Porta de Entrada Tipo II e teve 8 leitos de Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI) – já existentes – qualificados. “Por ser hospital de referência regional em alta complexidade nas áreas cardiovascular, oncológica, ortopédico-traumatológica e neurológica, para internações e atendimentos de urgência e emergência, o São Vicente atende a todos os critérios técnicos de atendimento determinados pelo ministério”, detalha o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, Tiago Texera.
O superintendente do São Vicente, Matheus Gomes, também aponta o trabalho já realizado como o mérito para a habilitação. “O credenciamento é o reconhecimento do Ministério da Saúde do atendimento de alta complexidade realizado em urgência e emergência no hospital”, afirma. O complexo realiza em média, por mês, 23 mil atendimentos e 1,2 mil internações.
A opinião é compartilhada pelo diretor financeiro do HU, Asimar Cardoso. “É o reconhecimento de um trabalho que já vinha sendo feito pelo hospital ao longo dos anos para atendimento de urgência e emergência na UTI pediátrica.”
O valor a ser repassado pelo ministério, anualmente, para o São Vicente será de R$ 4.444.323,84. Já o HU, que teve 4 leitos de UTI pediátrica já existentes habilitados pela mesma RUE, receberá o montante anual de R$ 2.822.161,92, para funcionamento como Porta de Entrada Tipo I. A habilitação também foi conquistada pelo fato de o complexo materno infantil ser referência regional em alta complexidade, humanizado e em conformidade com as exigências do ministério. Os valores são repassados ao Fundo Municipal de Saúde, com destinação direcionada para cada habilitação e instituição.

SERVIÇO

À população, a habilitação dos serviços garante que os atendimentos recebidos são de excelência e atendem critérios estabelecidos para a humanização. Para Shinichi Sekiguchi, 60 anos, que precisou do atendimento de urgência pela primeira vez nesta segunda-feira (3), saber que o hospital receberá mais recursos por conta do reconhecimento do trabalho prestado é um fator importante. “Cheguei na cidade com 7 anos. Nunca tinha precisado do hospital antes. Hoje (ontem) cheguei aqui encaminhado pelo PA Retiro, por causa da pressão alta, que não baixava. Fui muito bem atendido. Esse credenciamento dá credibilidade para a instituição”, comenta o aposentado.

Clarice Maria Correa da Mata acompanhava uma parente em tratamento com câncer que necessitou de atendimento de urgência no pronto-socorro do São Vicente, ontem. “O atendimento aqui é de excelência. Por isso todos buscam pelo serviço. Como jundiaiense, moradora na Agapeama, fico muito feliz em saber que o serviço está sendo reconhecido”, detalha.
Para formalizar os repasses foram aprovadas as repactuações dos convênios já vigentes com as instituições em reunião do Conselho Municipal de Saúde (Comus). Para o HU, também foi estendido o prazo de vigência – que venceria em fevereiro de 2019 – para dezembro de 2019, com ampliação nas metas produtivas.

PMJ

PMJ


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/sao-vicente-e-hu-sao-reconhecidos-pelo-atendimento-humanizado/
Desenvolvido por CIJUN