Jundiaí

Semana da Pátria é aberta com fogo simbólico


esef
Crédito: Reprodução/Internet
Com o tradicional fogo simbólico foi aberta, nesta segunda-feira (02), as celebrações da Independência do Brasil na cidade. A cerimônia reuniu autoridades civis e militares, além de estudantes e a comunidade na Escola Superior de Educação Física de Jundiaí (Esef). Devido às condições climáticas, o evento, que teria sequência na Praça Monsenhor Doutor Arthur Ricci – Espaço Cívico MMDC / Heróis do Trem Blindado, ficou concentrado nas dependências da Esef e no Complexo Esportivo Dr. Nicolino de Luca – Bolão. Após as homenagens, também pela comemoração do Dia do Profissional de Educação Física, 1 de setembro, a pira foi acesa pela professora da rede municipal de ensino, Arabelle Barbosa Calciolari, uma das dez vencedoras deste ano do prêmio Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita, que reconhece e valoriza professores da Educação Infantil ao Ensino Médio de escolas públicas e privadas de todo o País. “Iniciamos uma semana importante, com todas as forças da cidade unidas e com atos importantes para refletirmos sobre a construção do nosso País. Hoje, também aproveitamos para homenagear a professora Arabelle. Sabemos que é por meio da educação que vamos conseguir grandes transformações”, destacou o prefeito Luiz Fernando Machado. Revezamento Com a pira acesa, atletas do 12º GAC (Grupo de Artilharia de Campanha), do Corpo de Bombeiros, das polícias Militar e Rodoviária, da Guarda Municipal, da Esef, da Unidade de Gestão de Esportes e Lazer (UGEL) e do Peama (Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas), se revezaram na pista do Bolão. Programação No dia 7 de setembro, sábado, o desfile cívico-militar será aberto às 9h, na avenida Prefeito Luís Latorre, pelo 12º GAC. Participarão do desfile, além dos estudantes das Emebs, grupos de escoteiros, Clube do Carro Antigo, integrantes da Unidade de Gestão de Esportes e Lazer (UGEL), Guarda Municipal, Defesa Civil e Esef, entre outros. O número de escolas da rede municipal que irá participar do desfile , este ano, mais que dobrou em relação ao ano passado. Serão 29 Emebs, em comparação com as 12 que marcaram presença em 2018.  

Notícias relevantes: