Jundiaí

Semana será marcada por chuvas

T_chuva
Crédito: Reprodução/Internet
Apesar das chuvas que atingiram a cidade logo no início desta segunda-feira (23), de acordo com a Defesa Civil de Jundiaí, a cidade permanece em estado de observação, sem registros de ocorrências. Até nesta véspera de Natal (24), a propagação de uma frente fria deixará condição para pancadas de chuva generalizadas em todo o Estado de São Paulo. Esta condição poderá ser acompanhada por descargas elétricas, rajadas de vento de intensidade forte e acumulados significativos. No dia de Natal, este sistema meteorológico já estará afastado e o tempo ficará mais estável e sem risco para temporais. Ainda de acordo com dados da Defesa Civil de Jundiaí, os bairros que registraram maior volume de chuva acumulado em 72 horas foram: Roseira (52,2 mm), Tamoio (51,4 mm), Jardim Florestal (42.4 mm), Jardim Santa Gertrudes (13,8 mm) e Fazenda Grande (6,6 mm). ÍNDICES GERAIS De acordo com o Climatempo, site especializado em previsão do tempo, praticamente toda a região terá muitas nuvens e chuvas durante esta madrugada, mas em geral será de intensidade fraca a moderada. A chuva diminui aos poucos no decorrer do dia. No período desta noite, no máximo garoar. Uma massa de ar seco ganha força e o dia de Natal será marcado por sol, tempo firme e calor. Entre os dias 26 e 31 a chuva volta a região. Chamando atenção para as horas de fim de tarde e madrugada, quando pancadas de chuva devem voltar a cair na cidade. Após a passagem da frente fria que traz muita chuva a região, o tempo ainda continua muito instável. O principal alerta é para a chuva forte e volumosa. Há potencial para alagamentos, enchentes e deslizamentos de terra. A temperatura fica amena. O mês de janeiro, em particular, tem médias climatológicas de precipitação da ordem de 300 mm. A média climatológica é um valor calculado para um série de medições de 30 anos. Para ter uma média de 300 mm, significa que em muitos janeiros choveu pelo menos este valor. É muita água que cai na forma de temporais de curto período e em vários dias consecutivos de chuva, quando ocorre a ZCAS, Zona de Convergência do Atlântico Sul. O verão 2020 deve trazer a chuva volumosa de volta para o Sudeste e não deve ter muitos dias de calor extremo, como foi o verão passado. Em Jundiaí, a Defesa Civil atende pelo telefone (11) 4586-0666 ou emergência (plantão 24 horas): 199.

Notícias relevantes: