Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Setor de tecnologia se recupera

KÁTIA APPOLINÁRIO | 12/03/2020 | 05:00

O coronavírus já impacta as empresas da Região. De acordo com a Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica, 70% do setor eletroeletrônico foi impactado. O levantamento mostra ainda que, em nível nacional, 6% das empresas já operam com paralisação parcial e outras 14% já programam paralisações.

Em Jundiaí, uma grande empresa do ramo de tecnologia teve um hiato de 12 dias, devido a falta de suprimentos. De acordo com a vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Rose Prado, é necessário se reprogramar. “Como já haveria uma semana de pausa futura, uma empresa se reprogramou internamente e antecipou essa pausa por conta dos impactos do coronavírus. Assim, o prejuízo não seria tão alto e também evitaria o possível desabastecimento de mercadorias”, explica.

Os setores digitais que não necessitam de matéria-prima física seguem operando normalmente. Pelo menos é o que diz Elton Monteiro, de 37 anos, empresário da área de inovação e tecnologia.

Ele conta que, para seu setor de atuação, o trabalho remoto tem sido uma das soluções para que a produção intelectual continue ativa. “Adotamos algumas ações de prevenção, como disponibilizar álcool gel para os funcionários da empresa e temos um plano de ação preparado caso a situação se torne crítica em Jundiaí”, afirma.

O gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Messias Mercadante, alega que para o município, a situação deve em breve se estabilizar. “Acreditamos que até o final de março a produção do setor tecnológico se normalizará. A expectativa é que a China atinja 80% dos níveis de produção até abril”, diz.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/setor-de-tecnologia-se-recupera/
Desenvolvido por CIJUN