Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Site e app da Prefeitura trazem ferramenta direcionada para deficientes auditivos

VINICIUS SCARTON | 03/08/2018 | 05:15

A Prefeitura de Jundiaí disponibilizou em seu aplicativo oficial de internet acesso por deficientes auditivos. A novidade é feita por meio de um mecanismo chamado “Hand Talk”, que traduz automaticamente texto e áudio para Língua de Sinais. De acordo com o gestor de de Inovação e Relação com o Cidadão, Thiago Maia, a ferramenta funciona a partir de um “bonequinho” que transmite informações em Libras, já que nem todos os deficientes auditivos são alfabetizados em português.

Ele também informou que a prefeitura possui um projeto avançado para o portal e para o aplicativo de internet, direcionado para o deficiente visual, que em breve será lançado. “Estamos trabalhando em parceria com a Coordenadoria da Pessoa com Deficiência e, em breve, promoveremos um encontro que servirá como troca de experiências tanto para quem desenvolveu quanto para quem utilizará”, diz.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE JUNDIAÍ

Outra iniciativa já implantada e com foco na acessibilidade foi a liberação no App e no portal da prefeitura da localização de vagas especiais para deficientes. “Isso permite que a pessoa possa encontrar uma vaga para seu veículo, antes de sair de casa”, explica. Maia ainda ressaltou que o portal será bastante modernos. “Estamos reduzindo a quantidade de notícias e ampliando os serviços. O site será mais responsivo”, comenta.

CONQUISTA
A presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Ivanilde Oliveira de Jesus, afirmou que a nova acessibilidade em Libras na página da Prefeitura de Jundiaí é uma verdadeira conquista. “Afinal, o conselho sempre lutou por essa iniciativa de comunicação voltada para o público com deficiência auditiva”, opina.

Além disso, Ivanilde também reforçou que a luta por acessibilidade persiste para o público formado por deficientes visuais. “Estamos batalhando para que ocorra a comunicação audiodescrição quando necessário”, diz. Segundo a presidente do conselho, conforme o Censo do IBGE, referente ao ano de 2010, 23,8% da população de Jundiaí tem algum tipo de deficiência. “A partir deste cenário, o conselho continuará lutando pela acessibilidade comunicacional e também para os espaços físicos da cidade”, reforça.

Imagens: divulgação

Imagens: divulgação


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/site-e-app-da-prefeitura-trazem-ferramenta-direcionada-para-deficientes-auditivos/
Desenvolvido por CIJUN