Jundiaí

Tecnologia para melhorar a qualidade do transporte público

T_MOBI 1 E 2 -entrega_onibus_prefeitura (63)
Crédito: Reprodução/Internet
Um dos principais compromissos do prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, é a melhoria da mobilidade urbana. Para isso, o uso da tecnologia - acessível a todos os usuários do transporte público – virou uma ferramenta importante e uma das marcas do programa ‘Mobilidade Total’, desenvolvido pela prefeitura para qualificar ainda mais a prestação do serviço. Pelo celular e de maneira fácil, na palma da mão, é possível acompanhar em tempo real o percurso dos veículos de todas as 87 linhas do sistema. Esse benefício é possível por causa do aplicativo CittaMobi, que utiliza dados dos aparelhos de GPS instalados em 100% dos 310 ônibus de Jundiaí para calcular quanto tempo o veículo passará por um ponto indicado pelo usuário. Um passageiro, por exemplo, que usa a linha 956 (Terminal Cecap - Colônia) pode acessar o aplicativo, clicar na opção ‘Buscar linha’ e digitar ‘956’. O CittaMobi, então, indicará em qual ponto ele se encontra no momento e, imediatamente, informará em quantos minutos o próximo ônibus desta linha passará pelo ponto escolhido. Outras boas opções disponíveis são o “Moovit” e o aplicativo oficial da Prefeitura de Jundiaí, o APP Jundiaí (dentro do ícone “Transporte Público”). Ambos permitem aos usuários verificar todos os itinerários e, desta forma, identificar quais linhas são possíveis utilizar para percorrer determinado percurso. Basta indicar a origem e destino da viagem que o aplicativo apontará quais linhas fazem o trajeto, como acessá-las e o tempo estimado a ser gasto no deslocamento. Para ter o aplicativo da prefeitura em seu celular, acesse https://jundiai.sp.gov.br/aplicativo-prefeitura-de-jundiai/. Quando o APP Jundiaí foi lançado, o engenheiro ambiental David Halbig, de 38 anos, baixou o aplicativo e passou a receber notificações do ‘Push’, serviço que permite ao usuário receber alertas com informações importantes para seu dia a dia: onde há acidentes de trânsito, interdição de vias, atrasos dos ônibus etc. Ele considera a ferramenta bastante útil. “O APP Jundiaí faz com que o Poder Público tenha olhos para os problemas da cidade. Nós, cidadãos, devemos ficar mais perto da Prefeitura e a tecnologia nos permite isso”, emenda. Já o advogado Fábio Fernandes Costa Pereira Lopes usa o recurso há dois anos, nem tanto para receber notificações sobre os ônibus urbanos, mas para serviços em geral.  Para ele, para a realidade brasileira, Jundiaí está bem avançada no uso da tecnologia para facilitar a vida dos cidadãos. “Já fui vice-presidente da Associação dos Moradores da Malota e sempre que observava um local sem iluminação, necessidade de poda de árvores ou buracos numa via, eu encaminhava mensagens à prefeitura e recebia as respostas”, comenta. O gestor de Mobilidade e Transporte da cidade, Silvestre Ribeiro, destaca que, além serem excelentes ferramentas, os aplicativos contribuem também para o conforto e segurança do usuário do transporte. “A pessoa pode fazer a pesquisa antes de sair de onde estiver e só se dirigir ao ponto de parada no momento que o ônibus passar. Isso traz comodidade e economia de tempo, além de minimizar os riscos”, aponta Silvestre. Grande desafio Para o prefeito Luiz Fernando Machado, o plano de melhoria contínua do transporte público de Jundiaí, de maneira geral, é um dos grandes desafios de sua administração. “Além do uso da tecnologia para facilitar a mobilidade dos cidadãos, já fizemos a substituição de 80 ônibus por veículos novos. Nossa frota atual é de 310 ônibus, todos com câmeras de monitoramento e GPS. Os mais novos têm saídas USB e catracas para que o usuário possa pagar a passagem usando cartão de crédito ou débito”, destacou. O chefe do Executivo lembra ainda os programas ligados ao setor que estão gerando resultados positivos. “O ‘Bom Motorista’, que através de palestras regulares sobre temas de interesse de motoristas e cobradores informa e conscientiza estes profissionais, é um grande sucesso. Prova disso está nos números do programa, criado em 2018, que em dois anos recebeu mais de 1.603 adesões (um motorista pode participar de várias palestras). Estes trabalhadores foram informados sobre uso do celular no transporte público, frenagem segura, atendimento ao usuário, violência contra a mulher e outros temas”, lembra. Todos os veículos que trafegam no município transportando passageiros ainda passam por manutenção preventiva regular e, uma vez ao ano, têm controlada a emissão de poluentes, em conformidade com a lei. “Isso traz mais segurança aos usuários do sistema e contribui para que a cidade tenha menos poluição”, finaliza o prefeito de Jundiaí.

Notícias relevantes: