Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Telefonia lidera 53% das queixas entre 1º de janeiro e 13 de outubro

| 14/10/2014 | 23:00

Das dez empresas com maior número de reclamação no ranking on-line do Procon de Jundiaí entre 1º de janeiro e 13 de outubro deste ano, quatro são do ramo de telecomunicações, em especial de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV digital. Juntas, elas representam 53,66% das queixas registradas no período, de um total de 8.190 atendimentos referentes aos dez grupos mais protestados. 

As outras instituições reclamadas são os bancos, com 34,55%, as grandes lojas de varejo, com 7,82% e a CPFL, concessionária de energia elétrica de Jundiaí, com 3,97% das queixas. Das dez empresas levantadas no período, os índices de solução variam entre 75,75% e 94,59%. Já a cobrança indevida ou abusiva é o motivo que mais leva os clientes a formalizarem queixas, com exceção das lojas de varejo, cuja principal reclamação se refere aos produtos entregues com danos ou defeitos. 

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta quarta-feira (15) ou faça uma assinatura digital.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/telefonia-lidera-53-das-queixas-entre-1o-de-janeiro-e-13-de-outubro/
Desenvolvido por CIJUN