Jundiaí

Tempo seco faz aumentar número de atendimentos

2014-07-01_20-11-51_1
Crédito: Reprodução/Internet

Com o tempo seco, típico dos meses de abril a julho, os prontos-socorros estão lotados de adultos e muitas crianças fazendo inalação. As doenças respiratórias são as grandes vilãs da época, principalmente as bronquites e rinites alérgicas. Em Jundiaí, só no Hospital São Vicente de Paulo, por exemplo, de janeiro a abril foram 500 atendimentos no pronto-socorro. Em janeiro foram 190 pessoas atendidas e em abril 310, um aumento de 62% em quatro meses de atendimento - os números de maio e junho ainda não foram contabilizados. 

Já no Pronto-Socorro Infantil do Hospital Universitário (HU) pelo menos 14 mil atendimentos foram feitos em abril e maio, incluindo as doenças respiratórias, já que o hospital não as contabiliza separadamente - os números de junho também não foram calculados ainda. O pediatra Décio Luiz Battistoni comenta que a baixa umidade do ar é propícia para gripes, bronquites, rinites, pneumonias e resfriados. Para que o quadro não piore, inclusive em crianças, é possível que pequenas atitudes sejam feitas dentro de casa para deixar o ambiente mais úmido. “Um bom vaporizador e baldes com água em casa ajudam.” 


Notícias relevantes: