Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Tendência de mercado, curso de barbeiro incentiva empreendedorismo

DA REDAÇÃO | 09/11/2018 | 19:38

Do jornalismo para a barba, o cabelo e o bigode. Este é o planejamento traçado por Carlos Eduardo Fernandes, que já fez um curso de cabeleireiro e, agora, agrega conhecimento com a capacitação de barbeiro, oferecida, gratuitamente, pelo Fundo Social de Solidariedade. “Eu pretendo abrir o meu próprio negócio, com serviços diferenciados e exclusivos ao público masculino”, contou.

Já o Leandro Damasceno Ferreira, de 33 anos, está desempregado há quatro anos e, como ele mesmo diz, “se vira como pode”: trabalhou informalmente como taxista e, recentemente, com a venda de bolos caseiros. “Comecei a fazer algumas receitas que deram certo e criei uma pequena clientela. É preciso dar um jeito quando se tem três filhos pequenos”, disse ele, entre um corte e outro na sala de aula. Profissional da metalurgia, Leandro aposta no curso gratuito de qualificação profissional para alavancar a vida da família. “É um mercado em expansão e com boa rentabilidade. Se houver dedicação e força de vontade, não vejo razão para dar errado”, afirmou.

Tendência de mercado, o curso de barbeiro é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Jundiaí, por meio do Fundo Social de Solidariedade (Funss), e o Centro Paula Souza, por meio da Qualificação Básica, Formação Inicial e Continuada de Trabalhadores (QBFIC). O módulo atende a uma demanda da população, interessada no segmento de Beleza e Estética. “Nosso objetivo é proporcionar qualificações gratuitas que correspondam aos interesses dos munícipes e, principalmente, que possibilitem a geração de renda rápida para o fortalecimento das famílias”, afirmou Vanessa Machado, presidente do Fundo Social.

De acordo com o professor da capacitação, Antônio Reinaldo de Lima, a procura pelo bem-estar tem levado os homens a investirem cada vez mais no visual. “O segmento de barbearia está em plena expansão e isso ocorre não só na capital, mas está forte também no interior. Afinal, todos nós precisamos cortar o cabelo pelo menos uma vez ao mês”, explicou.

Contudo, a retomada do ofício de barbeiro exige, nos dias de hoje, mais que a técnica perfeita e chega à incorporação de uma tendência internacional: os serviços agregados em um só lugar. “Disponibilizar cortes, alimentação, bebidas e até entretenimento, como mesa de bilhar ou sala de jogos, é uma ação que conquista e fideliza o público”, disse o professor, que reforçou que elaborar um plano de gestão é essencial para garantir a estabilidade no mercado. “Há muitas barbearias e isso não é uma novidade para as pessoas. Mas, inovar nos serviços prestados, traçar estratégias, divulgar corretamente o seu negócio, escolher bons colaboradores e, principalmente, prestar atenção às tendências do mercado são fatores que reforçam a procura dos clientes”.

Foto: PMJ

Foto: PMJ


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/tendencia-de-mercado-curso-de-barbeiro-incentiva-empreendedorismo/
Desenvolvido por CIJUN