Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Ter maturidade emocional ameniza dificuldades da vida

COLABORAÇÃO DE MARIANA CHECONI | 21/07/2019 | 06:22
INCERTEZAS  Maior qualidade de vida e êxito na vida pessoal, escolar e profissional são benefícios para pessoas que conseguem tolerar as frustrações

Um assunto recorrente na sociedade atual é a importância de se ter maturidade emocional e os problemas que a falta dela pode causar.

A psicóloga e psicanalista, membro da Associação pela Saúde Emocional de Crianças no Brasil, Silmara Meireles explica um pouco sobre esse conceito cada vez mais discutido. “Podemos dizer que a maturidade emocional é constituída ao longo da vida e o ponto alto deste desenvolvimento é quando compreendemos e lidamos com as dificuldades que ela nos impõe”, afirma.

A psicóloga ressalta que ninguém tem uma vida sem frustrações, decepções ou incertezas. “Tudo isso faz parte do viver e a maturidade emocional é exatamente como lidamos com estas adversidades. Quem tem maturidade emocional não está livre destes sentimentos, mas tem maior capacidade de lidar com eles e seguir em frente”, completa.

A psicóloga acredita atualmente estamos olhando mais para a importância da maturidade emocional, pois vemos e sentimos os efeitos da falta dela na sociedade. “Nunca tivemos tanta dificuldade de lidar com as frustrações, diferenças de opinião e enfrentamentos naturais da vida. Quando somos capazes de suportar tudo isso, nos tornamos mais solidários e aptos a viver em sociedade”, explica.

Os benefícios da maturidade emocional são evidenciados em pesquisas em âmbito nacional e internacional, que apontam para maior qualidade de vida e êxito pessoal, escolar e profissional das pessoas que conseguem tolerar as frustrações e buscar as melhores soluções.

Educação das crianças

A maturidade emocional é fator muito importante na criação dos filhos. A criança desde o nascimento está em processo acelerado de desenvolvimento e maturação do corpo e da estrutura mental, que processa as emoções. “Quando somos crianças, é importante e necessário termos adultos capazes de nos amparar, acolher e ajudar a superar as dificuldades. Por isso, é importante que os pais reconheçam os benefícios da frustração na vida dos filhos, e que sejam capazes de ajudá-los a enfrentar”, explica Silmara. “É comum encontrarmos pais que buscam evitar que seus filhos sintam-se frustrados ou tristes com algum acontecimento As dificuldades são diferentes em cada etapa e é através delas que nos tornamos maduros emocionalmente”, completa.

Vanessa Goulart Alcantara Picolo se encaixa nesse perfil. Ela e o marido, Rodolfo Picolo, sabem da responsabilidade de criar um filho e prepará-lo para o mundo. Ela conta que sempre procura auxiliar o pequeno Noah, de 2 anos, a lidar com as dificuldades de cada fase. “Está cada vez mais difícil, mas o que procuramos fazer é deixar ele lidar com os próprios problemas.

Quando falamos não, mantemos até o fim. Depois conversamos e explicamos, mas ele tem de entender que não é não e aprender com isso.”

Silmara complementa afirmando que os pais podem contribuir no desenvolvimento da criança. “É importante ressaltar que ser suporte não é proteger das frustrações, mas apoiar para que experimente e amplie a capacidade de superação.”

Vanessa e o marido sempre auxiliam o filho, Noah, a lidar com as dificuldades “Ele tem de entender que não é não”


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/ter-maturidade-emocional-ameniza-dificuldades-da-vida/
Desenvolvido por CIJUN