Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Terrenos públicos são dominados por mato alto

| 23/04/2014 | 21:55

O mato alto em terrenos públicos, que surge pela falta de manutenção, está presente em alguns bairros de  Jundiaí e tem gerado reclamações por parte dos moradores, já que isso traz vários problemas, como baratas, aranhas e até ratos invadindo residências próximas. “Muitas amigas já foram perseguidas por pessoas que se escondem no meio do matagal”, afirma Rita Menezes, de 33 anos. 

A empregada doméstica, que trabalha no Jardim Novo Mundo, caminha diariamente entre os cruzamentos da avenida Dr. Adilson Rodrigues com a avenida Roberto Manzato. “Quando saio muito tarde eu não faço este percurso. Por isso acabo andando mais, mas é pela segurança.”

Perto do local, na marginal do Retiro, outro ponto concentra excesso de mato. No cruzamento da avenida João Antônio Meccatti com a avenida Osmundo dos Santos Pellegrini, o matagal cobre parte da placa que indica o caminho para o aeroporto de Jundiaí.

Há quatro anos residindo na rua Miguel Garcia Luchini, no Parque da Represa, a cabeleireira Graça Maria Silveira, 52, tem na frente da sua casa um amplo terreno de responsabilidade da prefeitura. “Desta vez faz tempo que eles não fazem a manutenção do espaço. É uma pena, pois aos finais de semana muitas crianças vêm visitar os avós, que moram na minha rua, e ficam sem poder brincar no terreno por conta do mato alto”, comenta.

A cabeleireira também aponta que reclamações já foram feitas por meio do 156, mas até agora a equipe de manutenção não visitou o local. “Estamos esquecidos, além destes problemas, há buracos no asfalto da nossa rua.” Por conta da atual situação, Graça afirma que muitas baratas e aranhas invadem as residências. “Coloquei um inseto esquisito no vidro, pois achei que fosse um barbeiro”, diz ela, em referência ao inseto que transmite a doença de Chagas.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/terrenos-publicos-sao-dominados-por-mato-alto/
Desenvolvido por CIJUN