Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

UBSs de Jundiaí oferecem ginástica chinesa gratuita

DA REDAÇÃO | 31/01/2019 | 07:30

Investir em saúde é mais que o cuidado com os serviços de urgência e emergência e da rede de atenção básica. Abrange não somente os atendimentos com consultas, ofertas de medicamentos, procedimentos e vacinas, mas também as atividades de prevenção. O Lian Gong é uma das ações ofertadas pela Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) que movimenta 1,4 mil usuários por mês entre todos os grupos existentes nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Sem limites de participantes, os grupos são abertos para a participação da população sem a necessidade de encaminhamento médico. Neste mês de janeiro, os grupos receberam 14 equipamentos de som para auxiliar no desenvolvimento das aulas.
Juraci Pedrosa de Souza, 77 anos, é praticante de Lian Gong há dois anos no grupo da UBS Eloy Chaves. Em monitoramento após um câncer de mama, hipertensa, com desgaste ósseo, artrose e cardíaca, a idosa encontrou no Lian Gong a atividade que melhora a sua condição física. “Quando se sente dor e por isso se fecha em casa, as coisas se agravam cada vez mais. É preciso se movimentar. Meu cardiologista não permite que eu faça hidroginástica. O Lian Gong me fortalece, tanto no físico quanto no emocional, com o convívio com as pessoas, a interação, as comemorações e as festinhas do grupo”, comenta.
Com menos tempo de prática, mas já sentindo os resultados, José Orlando, 77 anos, sofreu dois Acidentes Vasculares Cerebrais (AVCs) em cinco anos. “Perdi os movimentos do braço esquerdo e um pouco da perna. Faz apenas três semanas que comecei no grupo, mas estou me sentindo bem melhor”, comemora.
A esposa, Glória Louréri Orlando,77 anos, também está satisfeita com a iniciativa. “É muito bom. Os exercícios ajudam a melhorar os movimentos e as dores já estão reduzindo. Chegamos ao grupo por orientação da UBS”, detalha.
Para a agente comunitária de saúde, graduada em Lian Gong, Lilian Paulo de Araújo, responsável pelas aulas nos três grupos da prática integrativa pela UBS Eloy Chaves, desenvolve a modalidade de forma adaptada às necessidades dos participantes, em sua maioria, idosos. “A atividade conta com 54 movimentos, que auxiliam na redução da ansiedade, melhoram a circulação, a postura, respiração, reduz inflamações e auxilia na resistência do organismo”, detalha.
De acordo com dados da diretoria de Atenção Básica da UGPS, atualmente estão em andamento 12 aulas semanais da atividade, com turmas com média de 30 alunos. “Não há limite de vagas. As atividades são realizadas em unidades de apoio, Centros Comunitários e nas próprias unidades, quando há espaço físico. Os benefícios para os praticantes são muitos, comprovados por estudos internacionais. É importante que a comunidade conheça a atividade e busque, na sua UBS de referência, onde poderá praticar o exercício, que é indicado para todas as idades, exceto para as gestantes”, detalha a diretora, Dayane Martins.
A procura pela prática tem crescido. Somente no Eloy Chaves a equipe da UBS recebeu a solicitação de criação de mais duas turmas. “O Lian Gong é uma das atividades em continuidade ao grupo da dor crônica, que tem trazido ótimos resultados”, ressalta.

UBS


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/ubss-de-jundiai-oferecem-ginastica-chinesa-gratuita-2/
Desenvolvido por CIJUN