Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Uso de cerol preocupa motociclistas de Jundiaí

ANGELO AUGUSTO | 23/07/2019 | 05:01

Mais um acidente envolvendo um motociclista e o uso de cerol foi registrado nessa semana. Dessa vez, a vítima foi o técnico em prótese dental Manuel Pupo, 56 anos. Ele foi ferido por uma linha com cerol no último sábado (20), enquanto dirigia pela rodovia João Cereser, em Jundiaí.

Após ser atendido pela Guarda Municipal, Manoel, que faz parte de um grupo com diversos presidentes de motoclubes da cidade, solicitou uma reunião com os responsáveis da GM para saber o que se pode fazer para denunciar o uso do cerol e para facilitar o atendimento das vítimas de acidentes.

O pedido foi atendido e a reunião acontecerá nesta terça-feira (23), as 10h na cede da Guarda Municipal e do Canil, localizada na avenida União dos Ferroviários, próximo ao Poupatempo.

A linha atingiu sua jaqueta, gerando um grande corte na região do ombro, e seu pescoço, que também ficou lesionado. Manoel conta que logo após o acidente acionou a Guarda Municipal e imediatamente foi socorrido por quatro policiais de motocicleta. “O atendimento dos guardas foi extremamente rápido. Em questão de poucos minutos eles chegaram para me ajudar”.

Plano de ação
Manuel solicitou uma reunião junto com a Guarda Municipal, juntamente com os presidentes dos motoclubes. “Tomei a iniciativa de ligar na Guarda Municipal e pedir uma reunião, porque sempre vejo crianças empinando pipa em lugares perigosos, perto de rodovias. Nós, motociclistas, não sabemos ao certo o que fazer quando vemos pipas com cerol” conta.

A ideia principal é criar um plano de ação não só para atender as vítimas de cerol, mas para denunciar quem está fazendo o uso delas e colocando a vida de outras pessoas em perigo. “A princípio os guardas sugeriram o uso do ‘corta-pipa’, mas não adianta eu usar isso na minha moto e ficar de braços cruzados enquanto os outros que não têm estão correndo perigo”, acrescenta Manoel.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/uso-de-cerol-preocupa-motociclistas-de-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN