Jundiaí

Vacinação contra influenza: Jundiaí mantém postos itinerantes para doentes crônicos e idosos

vacinacao_doentes_cronicos-14-1280x854
Crédito: Reprodução/Internet
A vacinação contra a gripe permanece em Jundiaí nos postos itinerantes exclusivos para os idosos e doentes crônicos, ao longo desta semana, das 8h às 12h. Até o último balanço divulgado pela Vigilância Epidemiológica (VE) da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), na sexta-feira, a cidade havia imunizado 58.409 idosos com 60 anos ou mais e 7,1 mil doentes crônicos. A vacinação para profissionais da saúde, cuidadores de idosos, caminhoneiros e profissionais do transporte coletivo, além dos profissionais das forças de segurança, está sendo realizada na Unidade Básica de Saúde (UBS) Hortolândia, com funcionamento das 8h às 20h. Segundo a enfermeira da VE, Maria do Carmo Possidente, a vacinação aos grupos de maior risco para as doenças respiratórias é eficiente para evitar que as gripes derivadas dos vírus influenza, H1N1 e H3N2 sejam confundidos com o novo coronavírus. “As pessoas que já foram imunizadas contra os vírus comuns de gripe ficam protegidas contra essas variantes comuns, e, caso apresentem complicações em quadros gripais é mais provável que seja o Sars-CoV-2 (novo coronavírus). É importante destacar que, todas as síndromes gripais demandam o isolamento de 14 dias”, ressalta. Confira os postos de vacinação exclusivos para idosos e doentes crônicos para os dias 28, 39 e 30 de abril: EMEB Aparecida Merino Elias (Av. José Gotard, 531 – Medeiros); EMEB Prof Antonio Adelino Marques da Silva Brandão (R. Uva Isabel, 50 – Morada das Vinhas); EMEB Profa Geralda Berthola Facca (R. Eduardo Carlos Pereira, 50 – Jardim do Lago); EMEB Prof Antonio Brunholi Neto (R. Ari Barroso, 25 – Jardim Santa Rita de Cassia); EMEB Prof Pedro Clarismundo Fornari (Av. Geraldo Azzoni, 2051 – Rio Acima); EMEB Profa Marina de Almeida Rinaldi Carvalho (R. Adelino Martins, 913 – Jardim das Tulipas); EE Doutor Eloy de Miranda Chaves (R. Areias – Jardim Boa Vista); NIS – Núcleo Integrado de Saúde (Av. Carlos de Salles Bloch, 74 – Parque do Colégio); Ambulatório da FMJ (R. Francisco Teles, 222 – Vila Arens). Para a vacinação, cada categoria deve apresentar uma documentação específica para receber a dose. Os profissionais da saúde, por exemplo, devem apresentar a carteira de classe ou comprovante de conclusão de curso. Os integrantes das forças de segurança devem apresentar comprovação da atividade com crachá ou holerite. Já os cuidadores de idosos precisam de carta de recomendação do contratante. Do transporte coletivo – motoristas e cobradores – devem apresentar crachá, holerite ou carteira de sócio do sindicato da categoria. Os caminhoneiros devem apresentar a carteira de habilitação (C ou E). Os demais grupos determinados pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde terão início do no dia 9 de maio, com a imunização de crianças entre 6 meses e menores de 6 anos, grávidas, mães no pós-parto e portadores de condições especiais, terão as vacinas liberadas a partir de 9 de maio.

Notícias relevantes: