Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Varejo da região de Jundiaí abre 1.120 vagas formais

DA REDAÇÃO | 24/01/2019 | 19:26

O comércio varejista da região de Jundiaí abriu 1.120 postos de trabalho em novembro, resultado de 4.610 admissões contra 3.490 desligamentos. Das atividades analisadas, os segmentos de farmácias e perfumarias (2,9%); e de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos (2,7%) apontaram as maiores altas na mesma base comparativa.

De acordo com a Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PESP Varejo), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), nos 11 meses do ano, o setor varejista fechou 186 vagas com carteira assinada e, no acumulado dos últimos 12 meses, 502 vínculos foram encerrados. Com isso, o varejo da região finalizou o mês com estoque ativo de 104.354 empregos formais, leve queda de 0,5% em relação ao mesmo período de 2017.

Na avaliação de Edison Maltoni, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio), o aumento do quadro funcional para o Natal, principal data do setor, reflete diretamente no desempenho positivo do mercado de trabalho no mês de novembro. “As definições do campo político, aliadas ao aumento da confiança do consumidor, a inflação e juros mais baixos, fizeram com que as famílias voltassem a comprar. Dessa forma, o desempenho das receitas dos estabelecimentos comerciais cresceu e garantiu a continuidade da geração de empregos”, avalia.

A região de Jundiaí é composta pelas cidades: Águas de Lindoia, Amparo, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Campo Limpo Paulista, Conchal, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Itapira, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Lindoia, Louveira, Mogi Mirim, Mogi Guaçu, Monte Alegre do Sul, Morungaba, Nazaré Paulista, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Santo Antônio da Posse, Santo Antônio do Jardim, Serra Negra, Socorro, Tuiuti, Vargem, Várzea Paulista, Vinhedo.

A PESPV Varejo é elaborada com base nos dados do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e do impacto do seu resultado no estoque estabelecido de trabalhadores no Estado de São Paulo, obtido com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Desempenho estadual
De acordo com a FecomercioSP, em novembro, o comércio varejista no Estado de São Paulo abriu novos postos de trabalho pelo quarto mês consecutivo. No período, foram criados 23.453 empregos formais, resultado de 88.233 admissões contra 64.780 desligamentos. Foi o segundo melhor saldo para novembro desde 2012. Com esse desempenho, o setor encerrou o mês com um estoque ativo de 2.097.783 vínculos empregatícios, leve alta de 0,5% em relação a novembro do ano passado. No acumulado de 12 meses, o saldo também foi positivo (9.499 vagas).

MOVIMENTO COMERCIO DO CENTRO NATAL


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/varejo-da-regiao-de-jundiai-abre-1-120-vagas-formais/
Desenvolvido por CIJUN